Share Button

Salmo 118: “A Principal Pedra, Angular”

“A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular; isto procede do SENHOR e é maravilhoso aos nossos olhos” (Salmo 118:22). Esse Salmo se posiciona entre os Salmos Messiânicos principalmente por causa dessa importante profecia repetida por Isaías e empregada no ensinamento de Jesus e do apóstolo Pedro. Vamos considerar essas palavras no contexto maior do hino conhecido como Salmo 118.

“Rendei graças ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre” (verso 1 é idêntico ao verso 29, assim iniciando e encerrando o Salmo com as mesmas palavras, que aparecem em alguns outros textos e se tornaram refrão do Salmo 136). Os versos 2 a 4 convocam os adoradores (Israel, os sacerdotes e todos que temem ao Senhor) a repetir estas palavras de louvor.

As afirmações do Salmista sobre Deus são apoiadas por suas experiências (versos 5 a 18). Deus atendeu as suas súplicas quando passou por tribulações (verso 5), cercado por nações inimigas (versos 10-12). Ele entendeu que era castigado por Deus, mas, no final, protegido e elevado (versos 13 a 18). Alguns aspectos das suas experiências podem prefigurar o sofrimento de Cristo, mas as experiências citadas aqui parecem ser do próprio salmista, possivelmente de Davi. Alguns detalhes se ajustam melhor à vida de um homem como Davi do que a Jesus Cristo. É verdade, por exemplo, que Deus castigou Davi, culpado, mas poupou sua vida (versos 17 e 18), enquanto entregou seu próprio Filho, inocente, à morte por causa dos crimes dos outros (Atos 2:23; 3:18; 17:3).

O salmista, salvo e elevado por Deus, entra na sua presença para adorá-lo: “Abri-me as portas da justiça; entrarei por elas e renderei graças ao SENHOR. Esta é a porta do SENHOR; por ela entrarão os justos. Render-te-ei graças porque me acudiste e foste a minha salvação” (versos 19 a 21). Quando Davi consolidou seu poder e subjugou seus inimigos, ele virou sua atenção à casa do Senhor, dedicando-se à recuperação da Arca da Aliança, ao culto nacional em Jerusalém e aos preparativos para a edificação do templo. Assim, a sequência de tribulações e vitórias antes de entrar nas portas da justiça faz todo sentido. Não nos surpreende encontrar algumas das palavras desse Salmo empregadas na comemoração dos redimidos de Judá na reedificação do templo (Esdras 3:10-11).

A mensagem passa das vitórias realizadas pelo salmista à exaltação eterna do Messias e a importante profecia sobre a pedra angular (versos 22 a 24). A pedra angular, ou pedra de esquina, era a mais importante do alicerce de uma casa. As citações desse trecho no Novo Testamento, inclusive nos ensinamentos de Cristo, mostram que os construtores foram os líderes dos judeus que rejeitaram Jesus. Os homens negaram e crucificaram Jesus, mas Deus estabeleceu seu Reino eterno. Sua exaltação é motivo de admiração e alegria!

Pedro mostra a importância da profecia sobre a pedra angular, mas seu ensinamento se estende à mensagem da salvação daqueles que se submetem ao Rei, o mesmo tema abordado, em outras palavras, nos versos 25 e 26. Depois de citar a profecia do verso 22, Pedro junta palavras de outras profecias importantes para mostrar a inclusão de pessoas de todas as nações no povo de Deus (1 Pedro 2:7-10).

Depois dessa progressão da tribulação à vitória ao louvor à profecia sobre o domínio do Messias e a salvação nele, o salmista encerra esse hino com palavras de adoração dirigidas a Deus: “O SENHOR é Deus, ele é a nossa luz; adornai a festa com ramos até às pontas do altar. Tu és o meu Deus, render-te-ei graças; tu és o meu Deus, quero exaltar-te. Rendei graças ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre” (versos 27 a 29).

Os homens rejeitaram o autor desse Salmo, mas Deus o protegeu e lhe deu a vitória. Séculos depois, outros homens rejeitaram o próprio Filho de Deus. Seu Pai permitiu que fosse maltratado e crucificado, mas ainda lhe deu a vitória. Na sua vitória, nós temos a esperança da salvação eterna.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2016 Karl Hennecke, USA