Share Button

Salmo 40: Esperei Confiantemente pelo SENHOR

É comum encontrar, nos Salmos de Davi, apelos ao Senhor pedindo livramento de crises, especialmente das mãos dos seus inimigos. Normalmente, ele começa com suas súplicas e encerra com expressões de gratidão e louvor. No Salmo 40, Davi inicia com uma declaração do livramento que ele recebeu de Deus. Sua confiança no poder do Senhor para salvar motiva sua adoração e seu ensinamento, e serve como base dos seus novos apelos por ajuda.

Davi abre o Salmo 40 dizendo que Deus o ouviu e o salvou. Quando Deus nos salva, ele nos coloca em terra firme e nos dá motivo para adorá-lo (versos 1 a 4). O contraste apresentado aqui é nítido. Antes de ser resgatado por Deus, Davi estava no fundo de um poço. A expressão paralela traz a imagem de um homem tentando ficar em pé e se movimentar em um brejo. Qualquer um que já pisou num atoleiro entende a dificuldade de se livrar. Em contraste com o estado de Davi antes de ser salvo pelo Senhor, sua condição com Deus é de um homem firmado em uma rocha. Sua menção de um cântico novo reforça o tema da salvação. A comparação do segundo verso com o quarto deixa claro que os arrogantes e mentirosos nada mais são do que areia movediça. Devemos confiar no Senhor, e nunca em pessoas de mau caráter.

Deus merece o louvor por causa das inúmeras maravilhas que tem feito (verso 5). Davi cita as obras do Senhor e, especificamente, sua bondade para com as pessoas que confiam nele. Deus é incomparável e seus feitos são inumeráveis! As palavras de Davi nos lembram do final do relato que João escreveu da vida de Jesus: “Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se todas elas fossem relatadas uma por uma, creio eu que nem no mundo inteiro caberiam os livros que seriam escritos” (João 21:25).

O que Deus deseja do homem é a sua obediência, e não sacrifícios por pecados cometidos contra a vontade do Senhor (versos 6 a 8; veja 1 Samuel 15:22). O autor de Hebreus usa estes versículos para mostrar que os sacrifícios de animais não satisfaziam a Deus, assim explicando a necessidade do sacrifício de Jesus (Hebreus 10:5-7). Se o homem não tivesse pecado, nenhum sacrifício seria necessário. Deus reconhece as nossas falhas e oferece a redenção em Cristo, mas ainda prefere que os filhos sejam obedientes.

O salmista, resgatado da perdição pela graça de Deus, fala abertamente sobre as boas-novas da salvação (versos 9 e 10). Davi não mostrou vergonha da sua fé, e falou com prazer diante do povo de Israel. Quando nós realmente apreciamos a salvação em Cristo, falaremos com outras pessoas.

É somente no final do Salmo que Davi faz petições ao Senhor. Agora, vamos observar seus pedidos.

Ele pede livramento dos seus próprios pecados (versos 11 e 12). Apesar de ocupar uma posição alta no seu papel de rei, Davi necessitava de Deus. Ele precisava constantemente da misericórdia, da graça e da verdade do Senhor. O motivo dessa necessidade é a mesma que deve nos levar a buscar a compaixão de Deus. Davi viu suas numerosas iniquidades e não tinha força para permanecer em pé. Ele precisou do Senhor!

O final do Salmo (versos 13 a 17) é quase idêntico ao Salmo 70. Aqui Davi repete a sua petição por livramento, e pede também que Deus deixe os ímpios envergonhados enquanto liberta os que confiam nele. Davi começou o Salmo afirmando que Deus havia lhe dado livramento, e termina o mesmo hino pedindo a salvação. Esse fato serve para nos lembrar que a guerra continua ao longo da vida. Nunca podemos relaxar e nos sentir imunes de tentações e desafios espirituais. Davi enfrentou adversários durante todas as fases da sua vida, começando antes de ascender ao trono de Israel e continuando até o fim da sua vida. No Novo Testamento, as pessoas que enfrentavam tentações e perseguições foram exortadas a perseverar (Hebreus 12:3-4). Jesus falou das perseguições que a igreja em Esmirna sofria, e ainda disse que teria mais angústias pela frente: “Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida” (Apocalipse 2:10).

Davi já recebeu livramento e ainda olhava para frente confiante da salvação divina.

- por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA