Share Button

Salmo 30: Porque Não Passa de Um Momento a Sua Ira

Salmo 30 é uma oração de gratidão pela graça de Deus que restaura a comunhão com o pecador arrependido. Conforme diz o cabeçalho, essa composição de Davi foi destinada ao louvor na dedicação da casa, ou seja, um cântico para uso quando fosse completada a construção do templo, uma obra projetada por Davi e realizada depois da sua morte pelo seu filho e sucessor, Salomão.

Apesar de ser um hino preparado para um momento de comemoração nacional em Israel, o tom do Salmo 30 é pessoal, uma mensagem de redenção da própria vida de Davi. Ele inicia com estas palavras:

“Eu te exaltarei, ó SENHOR, porque tu me livraste e não permitiste que os meus inimigos se regozijassem contra mim. SENHOR, meu Deus, clamei a ti por socorro, e tu me saraste. SENHOR, da cova fizeste subir a minha alma; preservaste-me a vida para que não descesse à sepultura” (versos 1 a 3).

Davi havia chegado à beira da morte e sobreviveu somente pela graça de Deus. Com certeza, essa linguagem pode incluir sua salvação diante das perseguições de Saul, durante a rebelião de Absalão e nas várias batalhas de conquista. Mas, fica evidente nos versos seguintes que Davi pensava em momentos de afastamento de Deus, consequências dos seus próprios pecados. Ele continua:

“Salmodiai ao SENHOR, vós que sois seus santos, e dai graças ao seu santo nome. Porque não passa de um momento a sua ira; o seu favor dura a vida inteira. Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã. Quanto a mim, dizia eu na minha prosperidade: jamais serei abalado. Tu, SENHOR, por teu favor fizeste permanecer forte a minha montanha; apenas voltaste o rosto, fiquei logo conturbado” (versos 4 a 7).

Como é normal nos hinos de Davi, ele chama todos os servos do Senhor a participar do louvor, sempre exaltando o nome de Deus. Mas os motivos citados vêm da sua própria experiência. Ele viu a grande diferença entre a ira e a graça de Deus, pois a ira passou e a graça permanece.

Depois do livramento, é fácil cair no erro de autoconfiança. Davi confessa essa falha. Ele havia cometido esse erro de confiar em si, pensando que nunca seria abalado. Depois de Deus dar para Davi grandes vitórias sobre Saul, Absalão e as nações ao seu redor, ele decidiu, sem permissão divina, fazer um censo da nação de Israel. Deus não se agradou dessa decisão do rei Davi e enviou um castigo severo que custou a vida de 70.000 homens, ovelhas sob os cuidados desse pastor de Israel (2 Samuel 24:1-17). O vínculo desse pecado de Davi com o Salmo 30 se torna evidente quando consideramos o desfecho da história. Ele procurou perdão:

“Por ti, SENHOR, clamei, ao Senhor implorei. Que proveito obterás no meu sangue, quando baixo à cova? Louvar-te-á, porventura, o pó? Declarará ele a tua verdade? Ouve, SENHOR, e tem compaixão de mim; sê tu, SENHOR, o meu auxílio” (versos 8 a 10).

Na busca da compaixão de Deus, Davi obedeceu às instruções divinas e comprou um terreno onde fez sacrifícios ao Senhor (2 Samuel 24:18-25). Uma vez perdoado por Deus, parece que Davi dedicou o resto da sua vida aos preparativos para a edificação do templo nesse mesmo lugar, e à organização dos cultos de adoração em Jerusalém.

A graça de Deus demonstrada ao rei Davi motivou esse salmista a se dedicar, de coração, ao louvor do Senhor. Ele conclui o Salmo com esta mensagem alegre:

“Converteste o meu pranto em folguedos; tiraste o meu pano de saco e me cingiste de alegria, para que o meu espírito te cante louvores e não se cale. SENHOR, Deus meu, graças te darei para sempre” (versos 11 e 12).

Nós, como pecadores que precisam da misericórdia de Deus, temos o mesmo motivo para adorar ao Senhor.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA