Share Button
Estudos Bíblicos

Salmo 84: Nos Teus Átrios

Os descendentes de Corá demonstraram seu prazer em servir ao Senhor. Não adoraram por obrigação, e sim por vontade de estar próximo de Deus e de lhe oferecer a honra que só o Criador merece. Salmo 84 expressa bem esse desejo, e nos lembra do prazer que podemos e devemos sentir ao louvar o Senhor.

“Quão amáveis são os teus tabernáculos, SENHOR dos Exércitos!” (verso 1). O hino inicia com uma declaração que estabelece seu tom. O salmista acha grande prazer em estar nos tabernáculos de Deus. Ao longo do Salmo, observamos como o compositor emprega termos que se referem ao templo e expressões que enfatizam a relação com o próprio Senhor. Estar na casa de Deus é estar na presença do Senhor. O segundo verso relaciona os dois conceitos em linhas paralelas:

“A minha alma suspira e desfalece pelos átrios do SENHOR; o meu coração e a minha carne exultam pelo Deus vivo!”

Aqui, alma é equivalente a coração e carne, e o desejo pelos átrios do Senhor expressa a vontade e alegria de estar próximo de Deus.

Os seguintes termos se referem ao templo em Jerusalém, sede da religião de Israel: “os teus tabernáculos” (verso 1); “átrios do SENHOR” ou “teus átrios” (versos 2 e 10); “os teus altares” (verso 3); “tua casa” ou “casa do meu Deus” (versos 4 e 10); “Sião” (verso 7).

É claro, porém, que o desejo do salmista não se limita ao prazer de estar no templo, um edifício feito de pedras. O templo representava a presença de Deus, e foi a intimidade com o próprio Criador que ele desejava. As expressões usadas para identificar Deus frisam sua força como Protetor do seu povo. Ele é o “SENHOR dos Exércitos” (verso 1), um título ou nome usado mais de 200 vezes no Antigo Testamento para enfatizar seu grande poder para proteger e destruir. O papel dele como Salvador foi frisado com essa descrição: “Quanto ao nosso Redentor, o SENHOR dos Exércitos é seu nome, o Santo de Israel” (Isaías 47:4). Ao proteger um povo, Deus traz vingança contra outro, e assim o termo também se refere ao seu trabalho de castigo e vingança: “O SENHOR abriu o seu arsenal e tirou dele as armas da sua indignação; porque o Senhor, o SENHOR dos Exércitos, tem obra a realizar na terra dos caldeus” (Jeremias 50:25).

Da perspectiva do salmista, dedicado ao louvor em Jerusalém, o papel de Deus como Senhor dos Exércitos foi um de Salvador e Protetor do povo escolhido. O adorador estava em casa no templo do Senhor, um local tão aconchegante para ele que se comparava ao ninho de um passarinho (verso 3). Deus foi o escudo do seu povo (versos 9 e 11).

Além de proteção, Deus sustenta e dá força aos fiéis. O homem que encontra a força em Deus entra em vale árido e descobre que Deus o sustenta por um manancial (versos 5 a 7).

Esse Salmo está cheio de paralelismo entre Deus e seu templo, mas há um verso que apresenta contrastes especialmente importantes: “Pois um dia nos teus átrios vale mais que mil; prefiro estar à porta da casa do meu Deus, a permanecer nas tendas da perversidade” (verso 10). Mil dias comuns não se comparam a um dia na presença de Deus! Estar perto da casa de Deus (à porta) é melhor do que manter uma residência permanente nas tendas do pecado.

Como olhamos para Deus? Você daria três anos da sua vida (aproximadamente mil dias) para estar na presença do Senhor por um dia? Você daria mais valor a uma visita à casa de Deus do que uma casa própria no meio do pecado? O que importa para nós? O que valorizamos e priorizamos?

As pessoas que mantêm a comunhão com Deus são felizes, o que denota a expressão “bem-aventurado” (versos 4 e 5). É a afirmação que encerra o Salmo: “Ó SENHOR dos Exércitos, feliz o homem que em ti confia” (verso 12).

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA