Share Button
Estudos Bíblicos

Salmo 120: Livra-me dos Lábios Mentirosos

A calúnia é uma das piores agressões. Muitas passagens na Bíblia tratam do problema ao lado da prevenção, ensinando os fiéis a evitar testemunho mentiroso, maldições e falsas acusações contra os outros. Salmo 120, porém, aborda a questão da perspectiva da vítima que procura consolo e justiça do Senhor. O hino é o primeiro na sequência dos quinze cânticos de romagem ou salmos de degraus, hinos cantados na subida às festas religiosas em Jerusalém.

O povo de Israel, como muitos povos modernos, tinha processos para livrar as vítimas de falsas acusações. Testemunhas eram necessárias para estabelecer uma acusação e decretar uma sentença contra a pessoa. A Lei dada por meio de Moisés disse: “Uma só testemunha não se levantará contra alguém por qualquer iniquidade ou por qualquer pecado, seja qual for que cometer; pelo depoimento de duas ou três testemunhas, se estabelecerá o fato” (Deuteronômio 19:15). O ensinamento do Novo Testamento é igual (Mateus 18:16; 2 Coríntios 13:1; 1 Timóteo 5:19).

Mesmo na ausência de testemunhas suficientes para provar a culpa legalmente, uma acusação pode ter força de prejudicar a credibilidade do acusado, talvez manchando sua reputação para sempre. Sobre esses efeitos, há pouca defesa entre seres humanos. Pessoas propensas a acreditar nas mentiras dos outros podem engolir as calúnias como verdades. O salmista, assim lesado, apela ao único Juiz capaz de perfeita justiça:

“Na minha angústia, clamo ao SENHOR, e ele me ouve. SENHOR, livra-me dos lábios mentirosos, da língua enganadora” (versos 1 e 2).

Vendo a calúnia como realmente é, um crime gravíssimo, o autor continua seu cântico falando ao mentiroso sobre os resultados dos seus atos:

“Que te será dado ou que te será acrescentado, ó língua enganadora?” (verso 3).

O que o mentiroso ganha? Qual o benefício em destruir as reputações, até as vidas, dos outros? Rebaixar os outros com falsas acusações eleva o acusador? De modo algum! Considere o que o caluniador merece e, no final das contas, recebe:

“Setas agudas do valente e brasas vivas de zimbro” (verso 4).

O resultado das suas falsas acusações, finalmente, é sua própria destruição. Como se atingido pelas flechas de um guerreiro ou queimado por brasas quentes, o caluniador será julgado e destruído.

“Ai de mim, que peregrino em Meseque e habito nas tendas de Quedar” (verso 5).

Os povos citados eram antigos inimigos do povo de Deus, descendentes de Jafé (Gênesis 10:2) e de Ismael (Gênesis 25:13). Outros trechos bíblicos falam da sua condenação por Deus (Jeremias 49:28-29; Ezequiel 39:1-5). O salmista lamenta estar no meio de pessoas que odeiam os fiéis. Ele continua esse tema:

“Já há tempo demais que habito com os que odeiam a paz. Sou pela paz; quando, porém, eu falo, eles teimam pela guerra” (versos 6 e 7).

O escritor desse Salmo não havia encontrado refúgio, um lugar seguro longe dos seus acusadores. Apesar do seu desejo de ter paz com os outros, eles procuravam pretextos para declarar guerra. Esse comportamento não deve nos surpreender. Jesus veio para reconciliar pessoas pecadoras ao seu Criador, mas ele foi rejeitado e crucificado pelas pessoas que ele procurava salvar. Os seus discípulos, desde o primeiro século, sofriam perseguições severas. O apóstolo Paulo disse: “Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos” (2 Timóteo 3:12).

Para os servos de Deus, as perseguições são garantidas. E mesmo quando homens levantam falsas acusações, os fiéis imitam o salmista e apelam ao Senhor, o justo Juiz de todos.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA