Aprendendo com a decisão de Ló

Quem dentre nós nunca teve que tomar uma decisão importante na vida? Quem nunca quebrou a cabeça tentando decidir qual escolha seria a melhor? Todos nós passamos por momentos de decisões importantes na vida: Em qual cidade morar? Com quem se casar? Qual emprego escolher? Qual curso escolher? E por aí vai. Vejamos o que podemos aprender sobre decisões com Gênesis 13!

Na peregrinação de Abrão pela terra prometida com sua esposa Sarai e seu sobrinho Ló, houve um determinado momento em que ele e seu sobrinho tiveram que se separar, pois ambos vinham aumentando o seu rebanho (Gênesis 13:6). Isso levou até a uma contenda entre os pastores de Abrão e Ló (Gênesis 13:7). Então, Abrão se antecipou a um possível desentendimento com seu sobrinho Ló e sugeriu que eles se separassem. Abrão, visando manter a paz com seu sobrinho, permitiu-lhe que escolhesse para qual região da terra ele gostaria de ir, e o caminho que Ló tomasse, Abrão iria para o sentido oposto. Qual terra Ló escolheu? Quais critérios ele usou? O que ele encontrou nessa terra? Todas essas perguntas trazem bons princípios para a nossa tomada de decisões.

Ao receber a proposta de seu tio Abrão, Ló levantou os olhos e viu a campina do Jordão, que era toda bem regada e assemelhava-se ao jardim do Senhor e à terra do Egito que também era bem regada pelo rio Nilo. E Ló foi para lá (Gênesis 13:10-11). Ló escolheu o melhor que pôde, já que esse privilégio lhe havia sido dado. Escolheu o melhor para ele e o melhor para o seu rebanho. Só que havia um “porém”. O versículo 13 nos conta que os homens de Sodoma, cidade da campina do Jordão que Ló escolhera habitar, “eram maus e grandes pecadores contra o Senhor”. Pelas palavras com que Gênesis descreve esses homens, entendemos que sua maldade e rebeldia iam muito além da “média” da perversidade do povo daquela região. Inclusive, essa cidade seria destruída pelo Senhor por sua maldade. E aí? Será que valeria a pena desfrutar da bela e verde terra regada, não obstante a rebeldia desse povo?

O que podemos aprender dessa história? Primeiro, o principal critério de escolha para as nossas decisões deve ser sempre espiritual e nunca critérios mundanos. Nós fomos criados para servir e glorificar o Senhor. Se tomarmos nossas decisões dando prioridade a critérios carnais, estaremos vulneráveis a grandes catástrofes espirituais. Ao tomarmos decisões, precisamos analisar em que estado colocaremos nossa saúde espiritual, pois quanto mais saudáveis estivermos, mais zelosos seremos pelo Senhor.

Segundo, precisamos pensar nas condições espirituais em que colocaremos a nossa família. Algumas decisões podem parecer tranquilas para nós e sem apresentar grande risco à nossa saúde espiritual, mas será que essa é a mesma verdade para nossa família? Ló, aparentemente, sobreviveu à influência do pecado deste povo (2 Pedro 2:7), embora tenha sido afetado por ele, como vemos quando ele oferece suas filhas aos perversos da cidade (Gênesis 19:4-8). Porém, não foi assim com sua família. A mulher de Ló transformou-se numa estátua de sal ao olhar com uma desejosa saudade da vida que ela deixara em Sodoma enquanto fugia da cidade que estava sendo destruída (Gênesis 19:26 e Lucas 20:28-33). E suas filhas, salvaram-se com vida, mas não livre da perversidade dos sodomitas. Gênesis 19:30-36 conta como elas embriagaram seu pai e ainda deitaram-se com ele.

E terceiro, precisamos estar dispostos a abortar um plano quando descobrimos informações extras após as decisões serem tomadas, quando possível. Talvez Ló só tomou conhecimento da maldade dos sodomitas ao chegar na terra. Sendo assim, ao chegar à terra, analisando a situação e contemplando o risco espiritual que sua família correria ali, ele deveria rever suas decisões e trabalhar para consertá-las.

Portanto, se estamos tomando decisões priorizando desejos carnais e egoístas, estamos correndo um sério risco.

-por Tomás Guidalli


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA