A Lição da Figueira Seca

Em Marcos 11, é registra do o princípio da última semana de Jesus. Jesus entrou como um humilde Rei em Jerusalém, conforme profetizado em Zacarias 9:9. Após sua entrada triunfal, Jesus se dirige ao templo e “tendo observado tudo, como fosse já tarde, saiu para Betânia com os doze” (Marcos 11:11). No dia seguinte, porém, Jesus voltou a Jerusalém e, no caminho, se aproximou de uma figueira buscando por frutos. Não achando nada, Jesus amaldiçoou a árvore infrutífera, dizendo: “Nunca jamais coma alguém fruto de ti!” (Marcos 11:14). Ao continuar na estrada, Jesus entrou novamente em Jerusalém e se dirigiu ao templo. Ali, como ele já havia observado, encontrou mercadores vendendo animais para holocaustos com preços abusivos e cambistas que trocavam todas as moedas pela única moeda aceitável no templo e que cobravam altas taxas de câmbio. O cenário mais parecia uma feira do que um local de adoração, e os adoradores eram explorados pelos mercadores e cambistas. Jesus observando essa triste cena, expulsou os mercadores e cambistas, citando Isaías e Jeremias, dizendo: “Não está escrito: A minha casa será chamada casa de oração para todas as nações? Vós, porém, a tendes transformado em covil de salteadores” (Marcos 11:17). O templo era para ser um lugar consagrado à oração, mas se tornara um refúgio para ladrões. Na purificação do templo mencionada em João 2, João registra que, ao verem tudo o que Jesus fez, seus apóstolos se lembraram do Salmo 69:9, que diz: “O zelo da tua casa me consumirá.” Jesus estava extremamente frustrado, decepcionado e triste com o que estavam fazendo com a casa de seu Pai. Na manhã seguinte, ao passarem pela figueira, Pedro observou que ela havia secado desde a raiz.

Marcos não coloca o relato da purificação do templo no meio do episódio com a figueira seca à toa. A exemplo da figueira, quando Jesus foi ao templo, ele esperava encontrar frutos nele, mas o que ele achou foi um templo infrutífero. Jesus estava anunciando o que aconteceria ao templo quando amaldiçoou a figueira. Esse templo, que não estava cumprindo com o seu propósito de frutificar, estava fadado a destruição, o que de fato aconteceu no ano 70 d.C. O templo caiu para nunca mais ser reconstruído.

Jesus é zeloso pela casa de seu Pai. Hoje, sabemos que o templo do Senhor é a igreja e cada um dos cristãos (1 Coríntios 3:16 e 6:19). Pensando individualmente, como cristãos, se Cristo viesse visitar o templo de seu Pai hoje, como ele o encontraria? Como temos nos portado como templo do Senhor? Será que ele de fato encontraria uma casa de oração? Ou será que ele encontraria um lugar corrompido, cheio de egoísmo e ganância? Somos chamados para frutificarmos: “Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos” (João 15:8). Somos chamados para a santificação: “à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus e chamados para serem santos, com todos os que, em toda parte, invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso” (1 Coríntios 1:2).

Pensando agora coletivamente, como igreja, se Cristo viesse visitar o templo de seu Pai hoje, como ele o encontraria? Será que ele encontraria igrejas infrutíferas? Será que ele encontraria igrejas corrompidas com falsas doutrinas? Será que ele encontraria igrejas tolerantes com o pecado? A igreja precisa se empenhar em eliminar o pecado do seu meio: “atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus; nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados; nem haja algum impuro ou profano, como foi Esaú”(Hebreus 12:15-16; conferir 1 Coríntios 5). A igreja precisa cumprir com seu propósito dado no Novo Testamento.

Que nos empenhemos para sermos encontrados santos e cheios de frutos quando Cristo vier.

-por Tomás Guidalli


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA