Longanimidade para com os outros

Judá, o quarto filho de Jacó, passa por uma aparente transformação interessante no livro de Gênesis. Ele era um homem que não se importava com ninguém, mas somente com si mesmo. Em Gênesis 37:25-28, vemos que ele não se preocupava nem com seu pai e nem com seu irmão (confira como Judá e seus irmãos trataram José friamente, em Gênesis 42:21). Em Gênesis 38, vemos Judá demonstrando nenhuma preocupação com sua nora que ficara sem marido. Ele não cumpriu com sua palavra de dar seu terceiro filho a ela quando crescesse e ainda foi extremamente rigoroso e imediato para condenar sua nora de ter adulterado, sem demonstrar nenhum interesse em averiguar os fatos e em mostrar misericórdia (leia o capítulo para melhor compreensão). Porém, 22 anos após ter vendido seu irmão José, Judá assume uma nova postura. Veja o que Judá responde em Gênesis 44:14-34 para impedir que Benjamim ficasse escravizado no Egito e perceba o amor e sacrifício de Judá pelo irmão e pai. Após 22 anos, parece que Judá havia mudado.

Este exemplo mostra que as pessoas podem demorar para amadurecer e que precisamos ser longânimos, ou seja, pacientes para com elas. Para sermos longânimos para com os outros, precisamos saber que Deus tem sido longânimo para conosco. Deus sempre foi longânimo para com seu povo (Neemias 9:15-21,26-31), e o propósito da sua longanimidade é o nosso arrependimento: 2 Pedro 3:9,15a.

Pense no quanto Deus tem sido paciente com você: pense naquele pecado que há anos você vem lutando contra; naquela transformação demorada que você vem tendo para amadurecer em algum ponto; ou naquela responsabilidade que você vem negligenciando há anos. Mas, em tudo isso, Deus continua bondoso com você; perdoando você quando se arrepende; investindo em você, em vez de desistir; dando-lhe novas oportunidades.

Porém, é bom lembrar que embora Deus seja tardio em irar-se, ele há de punir os que persistem na rebeldia (Naum 1:3). Não há segunda chance após a morte, como vemos na história de Lucas 16:19-31.

Cientes, portanto, da longanimidade de Deus, nós precisamos desenvolver a longanimidade para com os outros. Sabemos que lidar com pessoas exige paciência, pois as pessoas têm diferentes velocidades de crescimento.

A paciência é um fruto do Espírito (Gálatas 5:22) que precisa ser desenvolvido em nós e exercitado por nós, não é algo que temos naturalmente. A paciência é, também, característica do amor verdadeiro (1 Coríntios 13:4).

Lidar com outros cristãos exige longanimidade. Paulo já havia advertido irmãos ociosos em Tessalônica quando esteve com eles e também por uma carta. Ao escrever a segunda carta ele volta a advertir esses irmãos, mostrando sua paciência para com eles, mas também a necessidade de corrigi-los (2 Tessalonicenses 3:6-12). Precisamos de paciência entre os irmãos (Efésios 4:1-2 e Colossenses 3:12-14).

Evangelizar também exige longanimidade (2 Timóteo 2:24-26 e 4:2).

Pense, agora, em algum caso que exija de você longanimidade. Um irmão que você vem ajudando, um irmão se enfraquecendo, algum familiar que tem estudado a Bíblia com você, seu cônjuge, seus filhos, seus pais. Às vezes temos vontade de desistir de ajudar as pessoas, pois elas demoram muito para entender o que precisa ser feito ou parecem não querer mudar. Mas lembremo-nos do caso de Judá e lembremo-nos da diária longanimidade do Senhor para com essa nossa mesma atitude. Não desistamos dos nossos irmãos, lembremo-nos também do caso de Paulo (1 Timóteo 1:16). Sejamos longânimos, pois a nossa longanimidade pode ser ferramenta de Deus para a salvação do outro.

“Exortamo-vos, também, irmãos, a que admoesteis os insubmissos, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos” (1 Tessalonicenses 5:14).

-por Tomás Guidalli


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA