O Bom Deus e o Sofrimento (3)

Uma das vantagens espirituais de passar por sofrimentos e desafios é a percepção que adquirimos do quão dependentes de Deus nós somos. Algumas pessoas, humildemente, reconhecem que sua vida depende do Senhor. Porém esse senso de carência divina é acentuado (em alguns casos, só aparecem) nas tribulações.

Enquanto a vida está “boa”, temos a tendência de pensar que temos tudo sob controle. Com meu dinheiro, coloco comida dentro de casa; qualquer gripezinha, vou ao médico com meu plano de saúde; meus cursos me proporcionam um emprego etc. Por isso que às vezes apenas uma “doença mais séria”, ou um desemprego, consegue nos mostrar que não é bem assim. Mesmo quando a vida está supostamente tranquila, ela assim o está pelas condições que vêm de Deus.

A vida do homem é inteiramente dependente de Deus, como reconhece o salmista no Salmo 104:10-30. No verso 29 deste salmo, o autor afirma: “Se lhes cortas a respiração, morrem e voltam ao seu pó”. Essa é uma realidade não só dos animais, mas dos homens também. Deus nos deu o fôlego da vida, e pode o tirar também.

Agora, nossa dependência de Deus não se resume apenas à esfera material. Ela abrange a esfera espiritual. Não há quem possa viver espiritualmente sem a ação divina. É Deus quem dá vida aos mortos: “Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo” (Efésios 2:4-5, conferir João 5:21-29).

Desta forma, aqueles que se acham “espirituais” o suficiente ou se acham “boas pessoas” e não reconhecem a necessidade de se submeter a Deus acabarão perecendo. Um passo importantíssimo para a salvação das nossas almas é reconhecer nosso estado doentio pelo pecado e nossa carência de Cristo. Como Jesus disse: “os sãos não precisam de médico, e sim os doentes; não vim chamar justos, e sim pecadores” (Marcos 2:17).

Faz bem ao homem reconhecer sua dependência de Deus. Mas em muitos casos, esse reconhecimento só se dá (quando se dá) nos momentos difíceis da vida. Por isso que contemplamos a bondade de Deus em permitir-nos passar por esses momentos, pois esse reconhecimento é indispensável para o homem se reconciliar com Deus.

Sendo assim, nos próximos desafios que enfrentarmos, vamos abrir os olhos e contemplar como dependemos de Deus, como nossa vida é nula sem ele. Vamos, ao mesmo tempo, admirar quanta coisa ele nos tem concedido.

-por Tomás Guidalli


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA