O Bom Deus e o Sofrimento (4)

Pode parecer irônico, mas parece-me que existem mais razões para darmos graças a Deus nos momentos de adversidades do que nos momentos de regozijos. É natural pensarmos nas inúmeras bênçãos das boas fases da vida, mas não é à toa que as Escrituras nos ordenam a darmos graças em todas as circunstâncias (1 Tessalonicenses 5:18). Vejamos.

Os momentos de angústias na nossa peregrinação não são agradáveis. É desgastante encarar doenças, desemprego e crises político-econômicas. São situações que não escolhemos passar e que estão fora do nosso alcance de ação. São situações que desgastam nosso homem exterior e que têm potencial de, consequentemente, desgastar nosso homem interior, com desânimo espiritual e emocional. Nesses períodos, quando olhamos para fora, parece difícil encontrar algum motivo para dar graça, pois nossa vida parece desgraçada e dolorosa.

Nosso primeiro desafio para aproveitarmos os momentos difíceis da vida é abrir os olhos para as ferramentas que Deus nos tem concedido para enfrentar os problemas. É muito fácil murmurar das doenças, filas de espera nos hospitais, má administração do governo que redunda em desemprego etc. Em vez disso, precisamos buscar enxergar as bênçãos divinas, que são ainda mais abundantes nessas circunstâncias. É na doença que contemplamos a bênção de ter um hospital que nos atende, com todos os seus médicos, enfermeiros, recepcionistas e faxineiros. É no desemprego que contemplamos o sustento de Deus, por diferentes meios. É na dor que damos graças pelo avanço tecnológico no desenvolvimento de remédios que ajudam nossa cura. É na angústia que valorizamos nossa família e irmãos que nos consolam. Enfim, se abrirmos os olhos, enxergaremos quão abençoados nós somos por Deus, que nos proporciona tantas formas de cuidado.

Nosso segundo desafio é focarmos na esfera espiritual. Paulo, quando esteve preso em Roma, poderia ter uma lista de coisas que o privavam, para murmurar. Contudo, ao olhar o aspecto espiritual, ele também tinha uma lista de coisas para dar graças a Deus, conforme ele escreve em Efésios 1:3-14. Os trechos tenebrosos do vale em que estamos a passar nos proporcionam um bom ambiente para crescermos espiritualmente e nos aproximarmos de Deus. Precisamos enxergar isso e dar graças a Deus.

Tudo depende da nossa postura. Nos vales da vida, sempre encontraremos motivos para murmurar. Entretanto, nesses mesmos períodos, sempre encontraremos motivos para dar graças a Deus. Em que estamos focando?

-por Tomás Guidalli


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA