Estudos Bíblicos

A Vacina Dolorida

O novo coronavírus (COVID-19) motivou governos e empresas ao redor do mundo a desenvolverem vacinas para tentar controlar a pior pandemia em mais de um século. Em poucos meses, diversas vacinas foram aprovadas para uso emergencial. Nos primeiros cinco meses de 2021, aproximadamente 1,7 bilhão de doses foram aplicadas. No Brasil e em muitos outros países, pessoas esperavam nas filas para receber essas injeções.

Com base nessas experiências, profissionais de saúde avisam sobre possíveis efeitos colaterais das vacinas. Frequentemente provocam dores, febre e vômitos, entre outros. Sem entrar nos debates sobre o valor e os riscos das vacinas, quero usar essa realidade para ilustrar uma mensagem mais importante.

Por que alguém se sujeitaria a um procedimento dolorido que pode provocar reações muito desagradáveis? Eu conversei com médicos e outros profissionais da área, li várias reportagens e decidi aceitar a vacina. Dessa maneira, optei por me sujeitar ao sofrimento que as vacinas podem provocar. Por quê? Pelo simples fato de acreditar que o sofrimento e os riscos da vacina sejam menores do que o sofrimento da doença. Eu não quero pegar COVID, uma doença que já matou uns 3,5 milhões de pessoas no mundo, incluindo quase meio milhão de brasileiros. Acho melhor encarar a vacina dolorida do que contrair o vírus.

A questão de tomar ou não uma vacina contra COVID-19 envolve uma resposta não garantida para uma ameaça possível. Não tenho certeza da eficácia da vacina, e nem sei se eu ficaria infectado com o vírus se eu não tomasse a vacina.

Há, porém, outra ameaça muito pior do que a COVID. O pecado é um problema universal com efeitos muito piores. O pecado nos separa de Deus (Isaías 59:1-2) e nos conduz à morte eterna (Romanos 6:23). Apesar de todos os avisos divinos sobre esse perigo, andamos sem máscaras respirando o ar poluído da iniquidade e nos mergulhando na desobediência a Deus. Alguns escapam da COVID, mas ninguém se desvia totalmente do pecado (Romanos 3:23).

A solução é dolorida, mas garantida! A decisão de nos arrepender e abandonar o pecado pode ser muito dolorida, como se fosse a amputação de um membro ou a crucificação da carne (Mateus 5:29-30; Gálatas 2:19-20). Quando consideramos o valor do livramento do pecado e da esperança da vida eterna, qualquer dor nesta vida se torna insignificante (Marcos 8:36-37). Vamos procurar e aceitar o remédio que Deus nos oferece para alcançarmos a vida eterna.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA