Estudos Bíblicos

Os Profetas e o Profeta

O Antigo Testamento abriu caminho para a vinda de Jesus, o Messias, e preparou o entendimento das pessoas, especialmente dos descendentes de Abraão, para recebê-lo. Entre as primeiras profecias messiânicas está a promessa de Moisés que Deus mandaria um grande profeta (Deuteronômio 18:15-22). Nos 14 séculos que passaram entre a morte de Moisés e o nascimento de Jesus, Deus enviou centenas de profetas aos israelitas, mas o povo ainda esperava a chegada daquele grande profeta que conheciam como “o profeta”.

Essa expectativa fica evidente nas perguntas dos sacerdotes a João Batista (João 1:19-21). Quando o povo ouviu o ensinamento e presenciou os sinais de Jesus, muitos reconheceram Jesus como o esperado profeta:

“Quando as pessoas viram o sinal que Jesus havia feito, disseram:

— Este é verdadeiramente o profeta que devia vir ao mundo” (João 6:14).

O apóstolo Pedro confirmou essa conclusão, claramente identificando Jesus como o Messias que cumpriu a profecia do grande profeta (Atos 3:18-26).

A afirmação do povo em João 6:14 foi feita depois de Jesus multiplicar pães e peixes para alimentar quase 5.000 homens. Esse e outros sinais serviam para dar um destaque especial a Jesus. Outros realizavam milagres, mas Jesus fez sinais maiores e mais impressionantes do que os profetas que Deus mandou no Antigo Testamento.

Elias multiplicou alimentos para suprir as necessidades de uma viúva e seu filho (1 Reis 17:13-16). Eliseu multiplicou azeite para outra viúva cuidar da sua família (2 Reis 4:1-7). Mas Jesus, o grande profeta, multiplicou alimentos em duas ocasiões para alimentar dezenas de milhares de pessoas (Mateus 14:13-21; 15:32-39).

Elias e Eliseu ressuscitaram mortos, sinais inéditos e notáveis. Fizeram esses milagres por processos um pouco demorados logo depois das mortes terem acontecido (1 Reis 17:17-22; 2 Reis 4:32-37). Jesus ressuscitou vários mortos em milagres imediatos. Em um caso, ele realizou o milagre quatro dias depois da morte do homem (João 11:39-44).

Elias e Eliseu dividiram as águas do rio Jordão (2 Reis 2:8,14) e Eliseu fez um machado flutuar na água (2 Reis 6:1-7). Mas Jesus acalmou uma tempestade no mar, demonstrando seu controle sobre as forças da Natureza (Marcos 4:35-41).

Os milagres realizados pelos profetas confirmaram sua mensagem (1 Reis 17:24). Os milagres maiores e mais numerosos de Jesus confirmaram sua mensagem, mostrando que ele é o grande profeta, o Filho de Deus!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA