Estudos Bíblicos

Quem é seu Pai?

Uma vez por ano, famílias em mais de 110 países comemoram um dia especial para honrar os pais. As tradições variam, mas o propósito de demonstrar gratidão pelos homens que nos criaram é o mesmo. É comum estender as comemorações para lembrar de avôs e bisavôs, normalmente com lembranças boas da influência que tiveram direta ou indiretamente em nossas vidas.

Embora a ideia de um feriado para honrar os pais seja mais recente, as lembranças e gratidão pelos antepassados são muito antigas. Os homens das primeiras gerações da história bíblica são chamados de Patriarcas. Na leitura dos registros das Escrituras, especialmente no Antigo Testamento, encontramos longas listas de genealogias e percebemos a importância que foi dada ao conhecimento da linhagem familiar.

Essa ênfase nas genealogias oferece o pano de fundo para uma discussão entre Jesus e os líderes religiosos da sua época. Para se defender por sua rejeição da palavra que Jesus trouxe, esses líderes apelaram à sua linhagem, afirmando ser filhos de Abraão (João 8:33,39). E eram, de fato, descendentes daquele patriarca que viveu quase 2.000 anos antes deles.

Com base nessa afirmação, Jesus lançou um desafio: “Se vocês fossem filhos de Abraão, fariam as obras que ele fez. Mas agora vocês estão querendo me matar, a mim que lhes falei a verdade que ouvi de Deus; Abraão não fez isso. Vocês fazem as obras do pai de vocês” (João 8:39-41).

Foram ofendidos com as palavras de Jesus, mas ele não desistiu. Ele deixou de falar de linhagem biológica para tratar da questão de descendência espiritual. Ele não os viu como descendentes de Abraão, porque não demonstraram a fé obediente daquele patriarca. Eles se mostraram rebeldes e mentirosos, e assim ele os tratou como filhos do pai da mentira, o próprio diabo! Jesus disse: “Vocês são do diabo, que é o pai de vocês, e querem satisfazer os desejos dele. Ele foi assassino desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira. Mas, porque eu digo a verdade, vocês não creem em mim” (João 8:44-45).

Poucos, hoje, conseguem identificar mais de quatro gerações de antepassados, e o ensinamento do Novo Testamento mostra que a linhagem biológica não tem a importância que tinha para os judeus. A questão crítica para todos nós é simples: somos filhos daquele que é verdadeiro e fiel, ou filhos do diabo, o pai da mentira?

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA