Estudos Bíblicos

Sermão do Monte (12)

Os Perseguidos que Recebem o Reino

“Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus” (Mateus 5:10).

A essa última das “bem-aventuranças” do Sermão do Monte, Jesus acrescentou algumas palavras dirigidas aos seus discípulos: “Bem-aventurados são vocês quando, por minha causa, os insultarem e os perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vocês. Alegrem-se e exultem, porque é grande a sua recompensa nos céus; pois assim perseguiram os profetas que viveram antes de vocês” (Mateus 5:10-11).

Que conclusão estranha! Nas linhas anteriores, Jesus falou de pessoas misericordiosas que promovem a paz com Deus. Pessoas dessa natureza não seriam bem-recebidas em qualquer lugar? Não seriam os vizinhos favoritos e os parentes preferidos?

Jesus disse que não! Em outras ocasiões, ele avisou que servir ao Senhor não seria fácil. “E quem não tomar a sua cruz e vier após mim não pode ser meu discípulo” (Lucas 14:27).

A cruz de Cristo foi um lugar de sofrimento intenso, e não seria diferente para seus seguidores. A cruz de Cristo representou a rejeição pelas próprias pessoas que ele desejava salvar, e a cruz do seguidor representa a mesma rejeição. Foi exatamente no contexto de falar sobre a perseguição dos discípulos que Jesus disse: “O discípulo não está acima do seu mestre, nem o servo está acima do seu senhor” (Mateus 10:24).

Como Jesus pôde tratar perseguição como algo que contribui à felicidade? Ele oferece, pelo menos, dois motivos:

(1) O discípulo perseguido participa com seu mestre. Jesus continuou: “Basta ao discípulo ser como o seu mestre, e ao servo ser como o seu senhor” (Mateus 10:25). Os seguidores de Jesus entendem como privilégio serem comparados ao seu Mestre divino, e assim tratam as perseguições como bênção. Quando os apóstolos foram presos e açoitados por sua fé, saíram “...alegres por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas por esse Nome. E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar e de pregar que Jesus é o Cristo” (Atos 5:41-42).

(2) O perseguido tem esperança da recompensa eterna. Jesus confortou os seguidores, ao falar de carregar suas cruzes, dizendo: “Não temam os que matam o corpo, mas não podem matar a alma; pelo contrário, temam aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo” (Mateus 10:28).

Ninguém procura a perseguição, mas o seguidor de Cristo a aceita como parte normal da sua caminhada rumo ao céu.

-por Dennis Allan


Sermão do Monte (Série)


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA