Estudos Bíblicos

O Caminho de Davi

Os registros históricos do Antigo Testamento comentam que alguns reis foram bons e fiéis, como foi Davi, seu antepassado. Dos vinte descendentes de Davi que reinaram em Jerusalém, apenas quatro receberam esse destaque. Podemos aproveitar uma boa lição ao considerar esses comentários sobre reis.

“Asa fez o que era reto aos olhos do Senhor, como Davi, seu pai” (1 Reis 15:11). Asa foi trineto de Davi, mas o comentário aqui não menciona seu pai (Abias), avô (Roboão) ou bisavô (Salomão). A fidelidade de Asa foi comparável ao comportamento de Davi.

Josafá, o filho de Asa, também foi fiel. “O Senhor esteve com Josafá, porque ele andou nos primeiros caminhos de Davi, seu pai, e não buscou os baalins” (2 Crônicas 17:3). O historiador, guiado pelo Espírito Santo, volta cinco gerações ao comparar Josafá com Davi.

Depois de várias outras gerações e alguns reis terríveis, surgiu outro rei muito bom: “Ezequias fez o que era reto aos olhos do Senhor, segundo tudo o que Davi, seu pai, havia feito” (2 Crônicas 29:2). Doze descendentes de Davi reinaram antes de Ezequias, mas a comparação foi feita com o primeiro rei da dinastia.

Mais algumas gerações passaram, e a fidelidade do rei Josias foi destacada: “Josias fez o que era reto aos olhos do Senhor, andou nos caminhos de Davi, seu pai, e não se desviou nem para a direita nem para a esquerda” (2 Crônicas 34:2). O historiador pulou 15 gerações para chegar até Davi!

Davi foi apresentado como o padrão de fidelidade entre os reis de Judá, mas por quê? Ele foi visto positivamente porque correu como louco das perseguições de Saul? Foi elogiado porque adulterou com Bate-Seba e maquinou a morte do marido dela? Deus queria que outros reis agissem sem autorização como Davi fez no censo condenado que levou à morte de 70.000 homens?

Não! As comparações não foram com os erros de Davi, que foram muitos e graves. Davi, como todos nós, pecou contra Deus. Não devemos usar o caso dele para justificar os nossos pecados, nem devemos perder o importante exemplo de um homem que desejava ardentemente andar com o Senhor. A vida de Davi, especialmente seus Salmos, mostra um homem que valorizava a comunhão com Deus. Quando pecou, ele se arrependeu de coração. Achava seu maior prazer em poder adorar e servir ao Senhor. Davi escreveu: “Ó Deus, tu és o meu Deus; eu te busco ansiosamente” (Salmo 63:1).

Davi, um homem segundo o coração de Deus, serviu ao Senhor com todo o seu coração.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA