Estudos Bíblicos

Sermão do Monte (15)

Jesus Veio para Cumprir

“Não pensem que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, mas para cumprir. Porque em verdade lhes digo: até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra” (Mateus 5:17-18).

Depois de introduzir o Sermão do Monte com suas descrições do caráter dos cidadãos do reino dos céus e do seu impacto no mundo, Jesus começa a apresentar seus princípios de justiça. Durante seu ministério, ele teve vários conflitos com defensores de interpretações tradicionais da Lei que Deus deu aos israelitas no monte Sinai. Aqui, ele apresenta de forma clara e positiva sua atitude para com aquela Lei. Ele faz uma distinção importante, mas frequentemente ignorada, quando afirma que veio para cumprir e não revogar a Lei.

A Lei que governava os judeus desde a época de Moisés foi uma aliança que o próprio Senhor fez com aquele povo favorecido. Jesus não veio para rasgar o contrato. Isso não significa, porém, que aquela Lei continuaria em vigor para sempre, ou que seria estendida para governar outros povos. Jesus não disse que a Lei nunca perderia sua validade. Pelo contrário, ele disse que isso não aconteceria antes de ela ser cumprida.

O que seria necessário, então, para cumprir a Lei? Seria melhor perguntar de outra forma: quem cumpriria a Lei? Jesus claramente afirmou que ele veio exatamente para esse propósito. Como sabemos que os planos de Deus não podem ser frustrados (Jó 42:2), temos certeza de que Jesus tenha cumprido sua missão.

Como Jesus cumpriu a Lei? Como judeu que nasceu sob a Lei (Gálatas 4:4), ele foi perfeitamente obediente? Sim (1 Pedro 2:21-22; Hebreus 4:15), mas seu ponto aqui é outro. Jesus fez mais do que respeitar as ordenanças da Lei, ele cumpriu seu propósito. Paulo escreveu: “Porque o fim da lei é Cristo, para justiça de todo aquele que crê” (Romanos 10:4). A Lei mostrou o problema do pecado (Romanos 3:20), não porque Deus desejava a morte de todos (Romanos 6:23), mas para que todos chegassem à solução oferecida em Jesus (Gálatas 3:24).

Séculos antes do nascimento de Jesus, Deus já havia dito que aquela aliança dada aos judeus seria substituída por outra, superior (Jeremias 31:31-34). Nas suas declarações, Jesus deixa claro que ele foi a pessoa encarregada desta missão de cumprir a antiga aliança para introduzir a nova (Hebreus 8:6-13).

Jesus, a luz do mundo (João 8:12), deixou Moisés e a aliança dada no monte Sinai nas sombras.

-por Dennis Allan


Sermão do Monte (Série)

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA