Estudos Bíblicos

Cântico dos Cânticos: Evitando Extremos

Ao longo da história, estudiosos têm lutado para compreender o livro do Antigo Testamento chamado Cântico dos Cânticos ou Cantares de Salomão. Dois extremos de interpretação confundem os leitores e roubam o livro da sua beleza prática.

Se você nunca leu o livro, tome alguns minutos para fazer a leitura antes de continuar aqui.

Cântico dos Cânticos é um poema romântico, mas há muita divergência sobre o sentido dele.

Especialmente em algumas épocas, comentaristas têm mostrado uma forte tendência de tratar o livro como uma alegoria espiritual. Alguns judeus entendem o livro como maneira poética de descrever a relação de Deus com a nação de Israel. Durante a Reforma Protestante, especialmente entre os Puritanos, uma interpretação semelhante tratava o livro como descrição da relação de Deus com sua igreja. Dessa maneira, comentaristas judeus e protestantes conseguiram negar que um livro inspirado na Bíblia falaria sobre o sexo em linguagem positiva.

Por outro lado, alguns levam essa linguagem a um nível explícito e quase pornográfico. Nada no livro justifica a banalização do sexo nem do amor romântico.

Em vários outros textos bíblicos, a relação entre Deus e seu povo é comparada ao casamento. Quando os profetas ou apóstolos empregam essa figura para simbolizar uma relação espiritual, eles deixam clara a sua intenção. Deus descreve, com a figura do casamento, o carinho e proteção que ele estendeu à nação de Israel (Ezequiel 16:8-14) e fala da idolatria da nação como uma traição conjugal (Ezequiel 16:15-34; Oseias 2:1-23).

No Novo Testamento, a mesma figura caracteriza a relação exclusiva entre Cristo e a igreja. Paulo fala do seu desejo de apresentar a igreja a Jesus como noiva pura (2 Coríntios 11:2) e usa o exemplo de Jesus para ensinar o marido como amar a mulher e a esposa como respeitar o marido (Efésios 5:25-33). No livro do Apocalipse, um anjo mostra a igreja como a noiva de Cristo (Apocalipse 21:9).

A linguagem de Cântico dos Cânticos, porém, é diferente. Além de não identificar o sentido espiritual que encontramos nesses outros textos, o protagonista masculino apresenta características que identificam Salomão (empolgação romântica seguida por dúvidas, a presença de sua mãe nas bodas etc.), mas que não fazem sentido se fosse identificar o próprio Senhor.

Quando evitamos esses extremos, encontramos uma história linda que trata o amor e até o sexo na beleza da sua pureza.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA