Estudos Bíblicos

Que Significam Estas Pedras?

Por determinação divina, Josué assumiu a liderança de Israel depois da morte de Moisés, pouco tempo antes da entrada da nação na terra que Deus prometeu aos descendentes escolhidos de Abraão. O povo ainda estava nas planícies de Moabe quando Josué foi encarregado de conduzir a nação na conquista da terra. Eles teriam de descer a serra até o vale do rio Jordão, aproximadamente 1.500 metros abaixo do nível da planície e atravessar o rio. Uma vez que chegassem ao lado ocidental do rio, enfrentariam subidas íngremes para travar as batalhas de conquista.

Atravessar o rio Jordão seria fácil, em alguns lugares e em algumas épocas, mas não foi fácil para os milhões de homens, mulheres, crianças e animais conduzidos por Josué. Eles chegaram ao rio no início da primavera, na época chuvosa, quando “o Jordão transbordava sobre todas as suas ribanceiras” (Josué 3:15). Para atravessar o rio nessas condições, os israelitas precisavam de um milagre.

Josué orientou os sacerdotes e o resto do povo sobre o milagre que Deus faria, parando as águas do rio e permitindo que passassem em terra seca. Somente dois dos homens presentes haviam visto o milagre parecido no Mar Vermelho quarenta anos antes. A nova geração testemunhou essa nova demonstração do poder divino, e todo o povo atravessou o Jordão.

Quando estavam acabando de chegar ao outro lado, Josué mandou um homem de cada tribo levar uma pedra do rio para levantar uma coluna como memorial no local do seu acampamento em Gilgal (Josué 4:1-3,19-20). Antes das águas voltarem a fluir, ele levantou uma coluna semelhante no meio do rio (Josué 4:9).

A coluna em Gilgal seria visível para qualquer pessoa que passasse, mas a coluna no meio do rio provavelmente seria visível somente nas estações mais secas. Tanto uma como a outra seria motivo de curiosidade, levando futuras gerações a perguntar sobre seu significado.

Josué foi um dos dois homens vivos que se lembraram do milagre no Mar Vermelho (Josué 4:23). Quarenta anos depois, ele não queria que outras gerações esquecessem do sinal feito por Deus no Jordã“Que significam estas pedras?” (Josué 4:4-7, 21-24).

Hoje, não temos colunas de pedras para marcar as grandes obras de Deus, mas temos muitas outras oportunidades de transmitir para novas gerações as histórias do poder e da graça que o Senhor tem demonstrado. Nunca esqueçamos as suas obras!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA