Estudos Bíblicos

As Abominações de Acaz em Judá

Os livros de 1 e 2 Reis, do Antigo Testamento, registram a história dos reis de Israel e Judá depois da morte de Davi até a queda de Jerusalém, abrangendo quase quatro séculos. Depois da divisão do reino, logo após a morte de Salomão, são intercaladas as informações sobre os dois reinos: Israel (o reino do Norte ou Samaria) e Judá (o reino do Sul). Ambos tiveram muitos problemas, mas Israel geralmente foi o pior e, por isso, o reino do Norte durou menos. Deus usou o império da Assíria para destruir Samaria e tornar cativos os sobreviventes de Israel.

Durante as últimas décadas do reino de Israel, as relações entre esses dois reinos, seus vizinhos e os grandes reinos que disputavam controle da região (principalmente os assírios e os egípcios) foram complicadas. Apesar das raízes do povo de Israel, uma nação fundada como uma pura teocracia, esses descendentes de Abraão vacilavam muito e frequentemente recorriam às outras nações para proteção e apoio militar.

Acaz reinou em Judá na época da queda de Israel. Olhou para a circunstância do seu vizinho ao norte, mas não aprendeu a lição que precisava. Ao invés de entender os problemas de Israel como consequências da sua falta de fé em Deus, ele confiou em ídolos e fez alianças militares com nações que não respeitavam o Senhor. Dessa maneira, ele exaltou os homens e seus falsos deuses quando deveria ter confiado em Deus.

Acaz cometeu um dos mais graves pecados possíveis quando sacrificou seu próprio filho como parte do seu serviço aos falsos deuses (2 Reis 16:1-4). Mas as abominações desse rei não pararam com isso. Quando Israel e Síria juntaram forças para atacar Judá, o rei Acaz teve uma excelente oportunidade para se arrepender e voltar ao Senhor, mas ele não aproveitou o momento. Pelo contrário, tirou coisas preciosas do templo de Deus em Jerusalém para pagar tributo a Tiglate-Pileser, o rei da Assíria, e pedir sua proteção (2 Reis 16:1-9).

Depois de vencer a Síria, Tiglate-Pileser marcou um encontro com Acaz em Damasco. Acaz viu um altar usado na idolatria da nação derrotada e mandou colocar uma réplica no templo de Deus em Jerusalém. Fechou as portas do templo e fez várias alterações não autorizadas por Deus, assim corrompendo ainda mais a religião de Judá (2 Crônicas 28:23-25; 2 Reis 16:10-18).

Deus foi paciente porque ainda queria salvar a nação, mas o rei Acaz sempre será lembrado por seu fracasso e falta de humildade diante do Senhor.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA