Estudos Bíblicos

Jericó Teria Caído?

A história bíblica da vitória dos israelitas sobre a cidade fortificada de Jericó tem inspirado músicas, livros e filmes. O Senhor orientou Josué e este líder conduziu seu povo à vitória usando uma estratégia que, do ponto de vista militar, foi simplesmente ridícula. O povo fez voltas ao redor da cidade durante uma semana. Durante cada um dos primeiros seis dias, rodearam a cidade uma vez. No último dia, fizeram sete voltas, tocaram trombetas e gritaram. As muralhas da cidade caíram, e os israelitas tomaram posse dela (Josué 6).

Deus usou esse caso para ensinar uma lição extremamente importante que seria o tema de apelos de homens corajosos em gerações futuras. Davi diria aos filisteus 400 anos depois: “Toda esta multidão saberá que o SENHOR salva, não com espada, nem com lança. Porque do SENHOR é a guerra, e ele entregará todos vocês nas nossas mãos” (1 Samuel 17:47). Durante o reinado de Josafá em Judá, o levita Jaaziel repetiu o apelo: “Não tenham medo nem se assustem por causa desta grande multidão, pois esta batalha não é de vocês, mas de Deus” (2 Crônicas 20:15).

Devemos fazer duas perguntas importantes:

(1) Jericó teria caído naquele dia se Deus não fizesse nada? A cidade foi muito bem fortificada, e os israelitas tinham pouca experiência em guerra. Alguém poderia argumentar que um cerco prolongado da cidade teria dado certo, e que Israel teria tomado a cidade. Pode ser, mas essa estratégia teria levado meses ou até anos. Sem a intervenção divina, Jericó não teria caído tão rapidamente. Israel tomou Jericó porque Deus mostrou graça e entregou a cidade nas suas mãos (Josué 6:2,16).

(2) Jericó teria caído naquele dia se o povo de Israel não fizesse nada? Se o povo não tivesse marchado, tocado trombetas e gritado, as muralhas teriam caído? Se não tivessem obedecido a ordem divina de subir e tomar a cidade (Josué 6:5,20), teriam conquistado Jericó? A graça de Deus foi recebida por meio da fé obediente do povo.

O exemplo de Jericó nos ajuda na análise de doutrinas sobre a salvação. O ser humano não é capaz de se salvar, mesmo realizando todas as boas obras imagináveis. Devemos rejeitar qualquer doutrina que defende a salvação por mérito. Por outro lado, o plano que Deus revelou para nossa salvação exige a fé obediente do homem. Devemos rejeitar qualquer teologia que sugere que a pessoa pode ser salva sem fazer nada. A salvação depende da graça de Deus e da resposta de fé do homem (Efésios 2:8-10).

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA