Estudos Bíblicos

O Pecado que Derrubou um Exército

Depois da vitória impressionante sobre a cidade fortificada de Jericó, o exército de Israel continuou sua campanha de conquista da terra que Deus havia prometido aos descendentes de Abraão. Seu próximo alvo foi a pequena cidade de Ai. Conforme o conselho dos homens que fizeram reconhecimento do local, Josué mandou um pequeno exército de 3.000 soldados para tomar a cidade. Josué e o povo de Israel se desanimaram quando esse exército foi derrotado e 37 homens foram mortos (Josué 7:2-6).

Quando Josué perguntou sobre o motivo, o Senhor disse que a derrota foi consequência de pecado em Israel. Especificamente, desobedeceram suas instruções sobre os espólios na batalha contra Jericó, pois alguém tomou para si coisas condenadas. Deus foi claro sobre o efeito desse pecado: “Israel pecou. Quebraram a minha aliança, aquilo que eu lhes havia ordenado, pois tomaram das coisas condenadas, furtaram, mentiram e até debaixo da sua bagagem o puseram. Por isso os filhos de Israel não puderam resistir aos seus inimigos; viraram as costas diante deles, porque Israel está condenado à destruição. Não continuarei com vocês, se não eliminarem do meio de vocês a coisa roubada” (Josué 7:11-12).

Por um processo de eliminação, Deus identificou o culpado, um homem chamado Acã que escondeu debaixo da sua barraca uma capa babilônica, um pouco mais de dois quilos de prata e meio quilo de ouro. Josué e o povo obedeceram a determinação divina e aplicaram a pena de morte para eliminar o mal do meio da nação (Josué 7:13-26).

Entre as lições importantes desse caso estão estas:

(1) Deus exige a obediência. Pode ser que Acã tenha pensado que seu crime seria insignificante e sem prejudicar ninguém (afinal de contas, os donos das coisas haviam morrido na queda da cidade). Mesmo quando achamos que os nossos pecados não prejudicam ninguém, devemos respeitar a palavra do Senhor.

(2) Deus vê tudo. É possível esconder pecados de pais, cônjuges, patrões e policiais, mas nunca conseguiremos esconder nada de Deus (Hebreus 4:13).

(3) Nossos pecados, até as ofensas escondidas, trazem consequências. Além dos efeitos nesta vida, a consequência eterna dos pecados não perdoados é a morte (Romanos 6:23).

(4) Os fiéis precisam agir para se livrarem do pecado, tanto na vida particular como no meio do povo do Senhor. A santidade é essencial para ter comunhão com Deus (Hebreus 12:14).

A derrota de Israel na batalha contra Ai serve para nos ensinar.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA