Estudos Bíblicos

Cristãos, Dinheiro e Igrejas

O servo de Jesus entende o dinheiro como ferramenta que deve ser empregada para cumprir suas responsabilidades em várias esferas de atividade. Quando se faz bom uso dos seus recursos materiais, está se preparando para estar com Deus eternamente (1 Timóteo 6:17-19; Lucas 16:1-13). Entre as responsabilidades do cristão está o privilégio de participar do trabalho da igreja do Senhor.

Desde o início, logo depois da morte e ressurreição de Jesus, a igreja de Jesus tem empregado dinheiro no seu trabalho. Na leitura do Novo Testamento, observamos que a igreja recebeu dinheiro por ofertas voluntárias (Atos 4:32-37) dadas no primeiro dia da semana (1 Coríntios 16:1-4). Essas coletas foram feitas em cada congregação local, e a própria comunidade utilizava o dinheiro no trabalho autorizado por Deus.

Cada cristão deve participar de uma igreja que segue a vontade do Senhor e deve contribuir de acordo com sua prosperidade (1 Coríntios 16:2). O valor em si não é determinado por alguma regra de porcentagem imposta pela igreja, mas segundo a determinação de cada servo na demonstração da alegria de poder participar do trabalho de Deus (2 Coríntios 9:7).

Enquanto o Novo Testamento não exige o dízimo, que foi um valor obrigatório para os judeus sob a lei de Moisés (Hebreus 7:5), não devemos pensar que Deus quer só as migalhas que sobram depois de nos fartar. Jesus elogiou o espírito de sacrifício da viúva pobre (Lucas 21:1-4), e Paulo agradeceu o sacrifício dos filipenses, dizendo que era uma oferta agradável a Deus (Filipenses 4:18).

Encontramos um modelo excelente nos cristãos da Macedônia. Não foram apenas generosos com seu dinheiro, pois “deram a si mesmos, primeiro ao Senhor” (2 Coríntios 8:5). O uso do dinheiro foi um reflexo natural do compromisso de se entregar a Deus. Nisso, eles descobriram a chave da generosidade. A pessoa que recusa dar liberalmente esquece que Jesus deu sua própria vida para nos resgatar. Devemos sacrificar com alegria, como serviço natural de gratidão ao Senhor.

Há muitos enganadores hoje que incentivam o materialismo e a avareza como meio de arrancar o dinheiro dos seus seguidores para encher os cofres das igrejas e os bolsos dos pastores. Devemos nos afastar desses falsos mestres (Romanos 16:17-18). Mas não devemos negligenciar as responsabilidades que Deus deu para seus verdadeiros seguidores, inclusive no uso do dinheiro para honrar o Senhor e servir aos outros.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA