Estudos Bíblicos

Uma Boa Decisão Considera o Futuro e o Destino

Depois de resumir a história do povo de Israel até a sua geração, Josué pediu para os hebreus olharem para frente. Devemos fazer a mesma coisa nas nossas decisões, porque uma boa decisão considera o futuro e as implicações das nossas escolhas.

Josué incentivou o povo a respeitar a vontade de Deus, e alertou sobre as consequências da desobediência: “Se abandonarem o SENHOR e servirem deuses estranhos, ele se voltará contra vocês, e lhes fará mal, e os destruirá, depois de lhes ter feito bem” (Josué 24:20). Mesmo pessoas especialmente abençoadas pela predeterminação divina não tinham garantia de permanecer sob o favor de Deus! A perseverança desses escolhidos dependeria da sua fidelidade, e não apenas da graça e fidelidade do Senhor. Deus, no seu infinito amor, favoreceu ricamente o seu povo, mas Israel jamais poderia esquecer da justiça do santo Deus. Poucas décadas antes, Moisés havia frisado a importância da santididade do povo do Senhor (Levítico 11:44-45).

Nos dias atuais, Deus ainda exige a santidade do seu povo. O apóstolo Pedro citou as palavras de Moisés para ensinar o mesmo princípio: “Pelo contrário, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, porque está escrito: ‘Sejam santos, porque eu sou santo’” (1 Pedro 1:15-16). Pedro, como Josué, cita o julgamento futuro para reforçar a necessidade da obediência (1 Pedro 1:17).

Se Israel optasse por servir os falsos deuses, o que seria seu destino? Josué pediu para olharem ao seu redor para achar a resposta. Os amorreus haviam adorado outros deuses, e Deus os expulsou para entregar a terra aos israelitas (Josué 24:15). Os povos que serviram os ídolos foram condenados e destruídos. Se Israel abandonasse o Senhor, sofreria a mesma consequência.

Por outro lado, aqueles que confiaram no Senhor foram vitoriosos. Deus deu para Israel a vitória sobre os egípcios, os amorreus e os outros povos que tentaram impedir seu progresso.

Para tomar boas decisões, precisamos considerar o futuro e contemplar os resultados das nossas escolhas. Jesus Cristo disse: “— Entrem pela porta estreita! Porque larga é a porta e espaçoso é o caminho que conduz para a perdição, e são muitos os que entram por ela. Estreita é a porta e apertado é o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que o encontram” (Mateus 7:13-14). Vamos olhar para frente, e escolher bem!

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA