Estudos Bíblicos

O Cristão e a Caridade

Quem ama Deus ama seus semelhantes e demonstra compaixão com os sofrimentos dos outros. Jesus disse que dois mandamentos resumem o que Deus deseja de nós. O primeiro é amar Deus, e o segundo é amar o próximo (Mateus 22:37-40). Em outra ocasião, ele contou uma história sobre pessoas que tiveram a oportunidade de ajudar um homem que foi vítima de um assalto na estrada. A famosa parábola do bom samaritano enfatiza a necessidade de viver com amor para com os outros (Lucas 10:25-37).

As pessoas abençoadas com coisas materiais devem agir com generosidade para servir ao Senhor, e não para receber honra para si (1 Timóteo 6:17-18; Mateus 6:2-4). Cada um deve reconhecer e aproveitar oportunidades para ajudar viúvas, órfãos e outros necessitados (Tiago 1:27; 2:15-16). Um aspecto do julgamento divino será a benevolência praticada nesta vida (Mateus 25:35-46; Salmo 112:5-6).

Entre os muitos trechos bíblicos que tratam dessa responsabilidade de agir com compaixão e ajudar os necessitados está uma instrução interessante em uma epístola escrita pelo apóstolo Paulo: “Aquele que roubava não roube mais; pelo contrário, trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o necessitado” (Efésios 4:28). Pensemos nas implicações dessas palavras.

O primeiro passo é parar de agir contra os outros. O ladrão toma o que não pertence a ele, tira dos outros para benefício próprio. Quando se converte a Cristo, ele se arrepende dos seus crimes. Os frutos do arrependimento se manifestam em atitudes e ações diferentes. Ele deixa de roubar, porque isso não agrada a Deus.

O segundo passo é trabalhar honestamente. As mãos que ameaçavam suas vítimas se tornam instrumentos para o trabalho. Na sua vontade de servir a Deus, ele aceita a responsabilidade de trabalhar para ganhar a vida.

O terceiro passo é repartir com os necessitados o que ganha no seu trabalho. O mesmo que tomava o que não era dele agora distribui aos outros o que ganhou pelo esforço do seu trabalho.

A decisão de servir a Cristo nos transforma. Prioridades mudam. Egoísmo morre e serviço, sacrifício e generosidade tomam seu lugar. O cristão aprende a demonstrar caridade.

“Ora, se alguém possui recursos deste mundo e vê seu irmão passar necessidade, mas fecha o coração para essa pessoa, como pode permanecer nele o amor de Deus? Filhinhos, não amemos de palavra, nem da boca para fora, mas de fato e de verdade” (1 João 3:17-18).

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA