Estudos Bíblicos

Lições de uma Pandemia: Contaminação

Em 26/03/2020, Margaret Cirko foi presa na Pensilvânia (EUA) porque cuspiu e tossiu em mercadorias em um supermercado depois de falar para outros clientes que era portadora do COVID-19. O supermercado jogou fora carne e outros produtos no valor de aproximadamente R$180,000.00. A mulher encara a probabilidade de passar vários anos atrás das grades por cometer um crime considerado gravíssimo. Agir com intenção de infectar outros com uma doença potencialmente fatal é uma conduta desprezível e universalmente condenada.

Usando as reações à pandemia como plano de fundo para considerar princípios espirituais mais importantes, pensemos na importância da nossa preocupação de não contaminar outros com os nossos erros. A Bíblia fala bastante sobre esse assunto, tratando como ofensa gravíssima qualquer ato com intuito de levar outros ao pecado e à condenação.

Jesus disse: “E, se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que creem em mim, seria melhor para esse que uma grande pedra de moinho fosse pendurada ao seu pescoço e fosse afogado na profundeza do mar. Ai do mundo por causa das pedras de tropeço! Porque é inevitável que elas existam, mas ai de quem é responsável por elas!” (Mateus 18:6-7).

Quando se trata do perigo de conduzir outros ao pecado, duas áreas exigem muita atenção:

(1) Palavras que conduzem outros ao pecado. Do primeiro ao último livro da Bíblia, encontramos avisos sobre o perigo de falsos ensinamentos, doutrinas distorcidas que levam os ouvintes para longe de Deus. Paulo comparou falsos mestres com lobos vorazes que destroem as ovelhas: “Eu sei que, depois da minha partida, aparecerão no meio de vocês lobos vorazes, que não pouparão o rebanho. E que até mesmo entre vocês se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás de si” (Atos 20:29-30). Todos que se consideram pregadores da palavra de Deus devem ter cuidado dobrado de não levar os ouvintes à condenação (Tiago 3:1).

(2) Exemplos que causam o desvio de outros. Aprendemos não somente das palavras faladas, mas também dos exemplos que observamos. Líderes espirituais devem apresentar excelentes exemplos para imitação (1 Pedro 5:1-3; 1 Timóteo 4:12). Pais precisam medir seus passos, lembrando que seus filhos estão observando-os como modelos a ser imitados (Provérbios 22:6; Efésios 6:4).

O amor ao próximo exige de nós o cuidado de não levar outros a serem contaminados pelo pecado.

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA