Estudos Bíblicos

Governantes Dignos de Respeito

“Que todos estejam sujeitos às autoridades superiores. Porque não há autoridade que não proceda de Deus, e as autoridades que existem foram por ele instituídas. Assim, aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus, e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação. Porque os magistrados não são para temor, quando se faz o bem, e sim quando se faz o mal. Você quer viver sem medo da autoridade? Faça o bem e você terá louvor dela, pois a autoridade é ministro de Deus para o seu bem. Mas, se você fizer o mal, então tenha medo, porque não é sem motivo que a autoridade traz a espada; pois é ministro de Deus, vingador, para castigar quem pratica o mal. Portanto, é necessário que vocês se sujeitem à autoridade, não somente por causa do temor da punição, mas também por dever de consciência. É por isso também que vocês pagam impostos, porque as autoridades são ministros de Deus, atendendo constantemente a este serviço. Paguem a todos o que lhes é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra” (Romanos 13:1-7).

O apóstolo Paulo escreveu essas orientações durante o reinado de Nero César, um dos piores governantes da história. O apóstolo não estava justificando a imoralidade, injustiça e crueldade que caracterizavam esse monarca, nem estava dizendo que Deus especificamente escolheu aquele homem para reinar. Ele nos ensina, porém, que as autoridades governamentais têm um papel importante e que devem ser, de modo geral, respeitadas e obedecidas. Os apóstolos entenderam que haveriam abusos de poder e conflitos entre as políticas humanas e a vontade divina. Nesses casos, os servos do Senhor devem obedecer a Deus, e não aos homens (Atos 5:29). Mas, não havendo tais conflitos, todos devem respeitar a autoridade dos governantes.

Em alguns momentos, o trabalho de governar bem se torna especialmente difícil. Não é fácil tomar decisões boas diante de pandemias, violência e tensões entre diferentes classes de cidadãos.

Em países democráticos, cidadãos têm permissão para expressar discordância de decisões dos governantes, de várias maneiras pacíficas. Não é necessariamente errado criticar decisões de presidentes, governadores, senadores e outros. Mas jamais devemos esquecer que Deus nos deu outras responsabilidades, especialmente de orar pelas pessoas em autoridade (1 Timóteo 2:1-3) e de viver em submissão a elas (1 Pedro 2:13-17).

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA