Estudos Bíblicos

Como as Outras Nações

Deus resgatou o povo de Israel da escravidão no Egito. Usou Moisés para conduzir a nova nação até o monte Sinai, onde lhe deu os Dez Mandamentos e outras orientações para guiar e proteger esse povo privilegiado. Escolheu Josué para cumprir a promessa de entregar uma terra exclusiva aos israelitas. Ao longo dos 300 anos depois da chegada à terra, Deus mandou libertadores para salvar o povo das opressões dos povos ao seu redor. Durante esse tempo, ele se mostrou claramente superior aos falsos deuses e aos reis dos vizinhos de Israel.

Por motivos válidos, o povo ficou insatisfeito com alguns dos seus líderes, pois não foram fiéis aos princípios ensinados pelo Senhor: “Quando Samuel ficou velho, constituiu os seus filhos por juízes sobre Israel...Porém os filhos de Samuel não andaram pelos caminhos dele; ao contrário, inclinaram-se à avareza, aceitavam suborno e perverteram o direito” (1 Samuel 8:1,3).

Foi um momento crítico para os israelitas. Deveriam ter procurado a orientação do Senhor, mas optaram por olhar para os povos ao seu redor: “Então todos os anciãos de Israel se congregaram e foram falar com Samuel, em Ramá. Eles disseram:

— Veja! Você está ficando velho e os seus filhos não andam pelos seus caminhos. Por isso, queremos agora que você nos constitua um rei, para que nos governe, como acontece em todas as nações” (1 Samuel 8:4-5).

A perspectiva de Israel foi horizontal, se comparando às outras nações, quando deveria ter sido vertical, olhando para Deus. O Senhor permitiu que tivessem um rei do tipo que queriam, e o resultado foi ainda mais sofrimento em Israel. Saul apresentou o perfil que o povo desejava em seu rei, mas acabou sendo um egoísta e paranoico covarde. Quando ele morreu, a nação estava em apuros piores do que antes de pedir o rei!

A frase repetida no relato —como todas as nações (1 Samuel 8:5,19) — deve soar como alerta para nós. Quando olhamos para as pessoas ao redor como padrão para determinar o nosso comportamento, certamente falharemos diante de Deus. Opiniões majoritárias não determinam a moralidade. Práticas das igrejas ao nosso redor não justificam mudanças no plano de Deus para sua igreja. Devemos olhar para cima, e não para as nações ou pessoas ao nosso redor.

“Porque não ousamos nos classificar ou comparar com alguns que louvam a si mesmos. Mas eles, medindo-se consigo mesmos e comparando-se consigo mesmos, revelam falta de entendimento” (2 Coríntios 10:12).

-por Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2017 Karl Hennecke, USA