Estudos Bíblicos

Deus Odeia o Divórcio

Em 2018, um pouco mais de 2,1 milhões de pessoas se casaram no Brasil, enquanto mais de 770 mil se divorciaram. Para cada 100 casamentos iniciados, 36 terminaram em divórcio. O governo do Brasil, como os governos da maioria dos países, permite que um casamento seja desmanchado com facilidade. Uma prática relativamente rara algumas décadas atrás se tornou comum e socialmente aceitável. Uma reportagem de 2019 relatou os números alarmantes: “De 1987 até hoje, os casamentos cresceram 15% — os divórcios deram um salto de quase 330%...” (veja.abril.com). A mesma reportagem disse que o tempo médio de duração dos casamentos já caiu para 14 anos. A conhecida promessa “Até que a morte nos separe” perdeu seu significado para muitas pessoas, que criam os laços matrimoniais já pensando no divórcio como saída se “não der certo”.

É comum abordar a questão do divórcio de sua perspectiva sociológica e psicológica, mas a consideração mais importante deve ser a busca da vontade do nosso Criador. Foi Deus que criou homem e mulher, Deus que instituiu o casamento e Deus que disse que não devemos nos separar (Gênesis 2:21-24; Mateus 19:6). Governantes, psicólogas, pastores, padres e parentes podem apoiar o divórcio, mas a palavra do Senhor é clara: “Porque o Senhor, o Deus de Israel, diz que odeia o divórcio e também aquele que cobre de violência as suas roupas, diz o Senhor dos Exércitos. Portanto, tenham cuidado e não sejam infiéis” (Malaquias 2:16).

Deus odeia o divórcio.

É por este motivo que Jesus disse: “Vocês não leram que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher e que disse: ‘Por isso o homem deixará o seu pai e a sua mãe e se unirá à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne’? De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, que ninguém separe o que Deus ajuntou” (Mateus 19:4-6). Pessoas que não se importam com a vontade de Deus continuarão zombando do compromisso matrimonial. Pessoas egoístas e arrogantes que se consideram mais sábias do que o próprio Deus continuarão abandonando seus cônjuges. Mas pessoas que se dizem cristãs precisam parar de apoiar condutas que Deus odeia. Deus detesta o divórcio, e nós, também, devemos odiá-lo.

A solução ao problema não virá por meio de legislação civil nem de decisões nos tribunais. A solução precisa partir de cada um de nós. Quando falamos sim, é até a morte!

-por Dennis Allan

Coisas que Deus Odeia

Deus Odeia a Arrogância

Deus Odeia o Divórcio

Deus Odeia a Destruição de Famílias

Deus Odeia a Violência

Deus Odeia a Desonestidade

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA