Estudos Bíblicos

Omitir é Mentir? (1)

Contra as tendências da sociedade atual, eu ainda defendo conceitos absolutos de moralidade e ética, pois nosso Criador imutável revelou princípios eternos para nos guiar. Entre as coisas que devemos rejeitar totalmente está a mentira, algo que Deus detesta (Provérbios 6:17,19; Efésios 4:25; Colossenses 3:9). A questão que quero abordar agora é outra relacionada ao assunto da mentira. Omitir é a mesma coisa de mentir?

Diferente da mentira, uma afirmação ou transmissão de informações falsas, a omissão representa a decisão de não compartilhar conhecimento. Em algumas situações, pode ser uma forma de engano que corretamente seria visto como mentira. Alguns exemplos esclarecem. Se afirmar que não está omitindo nada, que está falando toda a verdade sobre determinado assunto, a omissão obviamente se tornaria mentira. É dessa forma que muitos mentem às autoridades quando assinam uma declaração à Receita Federal, por exemplo, sabendo que omitiram informações obrigatórias, o crime de sonegação. Da mesma maneira, um filho pode mentir por omissão quando os pais demandam que fale toda a verdade.

Omissões, porém, nem sempre têm o propósito de enganar ou de desrespeitar autoridades. Consideremos algumas omissões que não devem ser vistas como mentiras.

A omissão de informações irrelevantes ou desnecessárias não é mentira. Todos nós fazemos esse tipo de omissão diariamente. Quando a minha mulher pergunta “Como foi seu dia?”, ela não espera um relato detalhado de cada coisa que aconteceu durante 10 ou 12 horas que eu estava fora. Jornalistas e outros autores escolhem os fatos que julgam relevantes e omitem muitos outros para respeitar limites de espaço e manter o foco dos seus trabalhos. O autor de 1 Crônicas omitiu detalhes relatados em outro livro (o adultério de Davi, por exemplo – 2 Samuel 11 e 12), mas não para mentir ou esconder. Tais informações não eram relevantes ao propósito do seu livro, e ele sabia que os leitores tinham acesso a essas informações de outras fontes. A comparação dos quatro relatos inspirados da vida de Jesus (os Evangelhos) revela “omissões” em cada um. Cada autor foi guiado pelo Espírito Santo para incluir as coisas relevantes ao seu propósito, e nenhum deles escreveu tudo (João 20:30-31; 21:25).

Há bons motivos para omitir algumas informações em nossa comunicação, mas devemos ter certeza da pureza da nossa intenção, sempre evitando a mentira.

-por Dennis Allan

Omitir é Mentir? (2)

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA