Estudos Bíblicos

Omitir é Mentir? (2)

Omissões podem ser mentiras, mas nem sempre são. Quando temos obrigação de declarar e escondemos informações, estamos mentindo. Quando afirmamos falsamente que estamos falando tudo que sabemos de algum assunto, mentimos. Há muitas situações, porém, nas quais a omissão não constitui mentira. Na reflexão anterior, consideramos um tipo de omissão que não deve ser entendido como mentira: a escolha de informações relevantes ou necessárias, sem dar todos os detalhes. Todos nós, necessariamente, praticamos a omissão por esse motivo.

Outra omissão que devemos fazer é recusar transmitir informações inapropriadas. Todos nós conhecemos pessoas que nunca aprenderam ou que perderam a capacidade de filtrar informações e, por isso, deixam outros constrangidos e envergonhados quando falam abertamente sobre questões particulares ou íntimas. Paulo disse que alguns pecados são tão vergonhosos que não devem ser descritos: “E não sejam cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; pelo contrário, tratem de reprová-las. Pois aquilo que eles fazem em segredo é vergonhoso até mencionar” (Efésios 5:11-12). Devemos manter nossos filtros em ordem e evitar qualquer conversa indecente: “Não saia da boca de vocês nenhuma palavra suja, mas unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem” (Efésios 4:29).

Às vezes, a única maneira de ser correto é omitir! A insistência em falar pode causar terríveis estragos. Muitas pessoas se gabam por serem muito “sinceras” quando deveriam simplesmente dizer que são cruéis e maldosas! “Quem fala mal do seu próximo não tem juízo; o homem prudente se cala. O mexeriqueiro revela os segredos, mas o fiel de espírito os encobre” (Provérbios 11:12-13).

Se o próprio Deus nos orienta a ficar quietos em algumas situações, não podemos tratar todas as omissões como mentiras. Em muitas situações, pecamos por falar e faríamos melhor ficando em silêncio.

Aprender que omissão nem sempre constitui mentira não deve ser motivo de justificar as omissões que realmente têm intenção de enganar. Em algumas situações, podemos ou até devemos recusar divulgar informações, mas nem sempre temos esta opção. Precisamos examinar nossos motivos e procedimento, para sermos sempre pessoas íntegras e honestas, pois servimos a um Deus que nunca mente. Para o cristão, a honestidade não é a melhor opção, é o único caminho!

-por Dennis Allan

Omitir é Mentir? (1)

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA