Estudos Bíblicos

O Costume de Rasgar Roupas

Dezenas de vezes na Bíblia, encontramos uma cena cheia de emoções fortes na qual uma ou várias pessoas rasgam suas vestes. É um costume estranho para nós, e não temos nenhuma instrução bíblica que sugira que seja uma prática necessária na nossa cultura atual. O estudo de várias referências bíblicas sobre essa prática, porém, traz algumas informações que merecem nossa reflexão.

Na nossa cultura, temos várias maneiras de mostrar tristeza e angústia. Depois das mortes de dignitários, é comum deixar a bandeira nacional a meio-mastro ou atar uma fita de luto na lança ao carregar a bandeira. Algumas pessoas vestem roupas pretas ou colocam placas e perfis nas redes sociais com a palavra “luto”. Cada cultura tem suas maneiras de lamentar em ocasiões tristes.

Entre os judeus nos tempos bíblicos, desde Gênesis até o Novo Testamento, o ato de rasgar as roupas mostrava profunda tristeza ou angústia. Dois exemplos no mesmo contexto mostram esses principais motivos do costume. Na famosa história de José e seus irmãos invejosos, os dez irmãos mais velhos tiveram oportunidade para se livrarem de José. Pensaram em matá-lo, e depois decidiram vendê-lo para ser escravo. Enquanto os outros discutiam suas opções, Rúben, o irmão mais velho, planejou uma maneira de salvar a vida do irmão. Mas quando descobriu que José não estava mais entre eles, ele rasgou as vestes em angústia (Gênesis 37:21-30). Quando o pai deles viu as evidências (falsas) da morte de José, ele rasgou as vestes em lamentação (Gênesis 37:32-34).

Outros exemplos mostram os mesmos motivos. Davi rasgou as roupas quando ouviu da morte de Saul e Jônatas (2 Samuel 1:11-12). Acabe, ao ouvir do castigo que Deus traria sobre sua casa, fez a mesma coisa como sinal de se humilhar diante do Senhor (1 Reis 21:27-29). Eliseu rasgou as vestes quando Elias foi tomado (2 Reis 2:11-12). Mordecai mostrou angústia quando soube dos planos de Hamã de massacrar os judeus (Ester 4:1). Foi a reação de Jó ao descobrir que havia perdido os filhos e as posses (Jó 1:20). Paulo e Barnabé, angustiados porque as pessoas em Listra queriam adorá-los, rasgaram suas vestes (Atos 14:12-18).

Na continuação deste estudo, vamos focar alguns casos distintos, mas já podemos aproveitar algumas lições dessas informações gerais. Quando perdemos um ente querido é normal lamentar e sentir angústia. E quando pecamos, devemos ficar tristes e nos humilhar diante de Deus (Joel 2:12-13).

-por Dennis Allan

O Costume de Rasgar Roupas

Rasgar ou Não Rasgar?

Por Que Rasgou suas Roupas?

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA