Estudos Bíblicos

O Rei Rejeitado em Jerusalém

Davi, o segundo rei de Israel, serviu como um tipo de profecia viva do Messias que viria 1.000 anos depois. Apesar de ser um homem com muitas falhas, Davi foi escolhido por Deus para prefigurar o Cristo. Jesus nasceu da linhagem de Davi e cumpriu profecias sobre o estabelecimento do reino eterno do seu descendente. Davi e Jesus nasceram em Belém e morreram em (ou próximo de) Jerusalém. Há vários pontos de comparação entre esses dois reis e na rejeição que sofreram em Jerusalém.

Os últimos anos do reinado de Davi foram difíceis. Uma das maiores crises que ele enfrentou foi a rebelião do seu filho Absalão, que tentou tomar o reino do próprio pai. Como filho, Absalão só existia por causa de Davi. Ele gozava dos privilégios de nobreza, mas ele se levantou contra seu pai. Absalão juntou pessoas que o apoiavam e se declarou rei. Quando ele ameaçou Jerusalém, a cidade que Davi conquistou e escolheu como sede do seu governo, o rei saiu da cidade para evitar uma batalha sangrenta. Na saída, ele foi falsamente acusado e amaldiçoado, mas demonstrou a clemência e poupou a vida dos seus blasfemadores. Um dos seus conselheiros o traiu, ajudando as forças de Absalão contra Davi (leia a história em 2 Samuel 15-18).

Consideremos alguns pontos de comparação com a experiência de Jesus.

Jerusalém foi a cidade de Davi e, ao mesmo tempo, a cidade santa, a sede da religião dos judeus. Foi escolhida por Davi como sua moradia e sede do seu governo, e por Deus como local do templo, sua moradia simbólica.

Durante a rebelião de Absalão, Davi não pôde permanecer na sua cidade por causa da rejeição por Absalão e vários líderes do povo. Jesus não pôde permanecer na mesma cidade porque os líderes do povo convenceram a multidão a pedir sua crucificação do lado de fora de Jerusalém.

Davi foi traído por Aitofel, um dos seus conselheiros, que se alinhou com Absalão na tentativa de matar o rei. Jesus foi traído por Judas Iscariotes, um dos seus apóstolos, que ajudou os líderes que prenderam Jesus e insistiram que fosse morto.

Davi foi amaldiçoado por Simei na saída de Jerusalém, mas poupou a sua vida. Jesus foi blasfemado por muitos dos judeus durante o julgamento e crucificação, mas ofereceu-lhes perdão.

No final da história, as forças de Absalão perderam, e Davi foi confirmado como rei. Quando Jesus ressuscitou, as forças de Satanás e os outros inimigos de Jesus perderam. Ele foi coroado Rei dos reis e Senhor dos senhores.

-por Dennis Allan

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA