Estudos Bíblicos

Uma Mensagem que Não Deve ser Perdida

Nos últimos dias do ano, ouvimos muito sobre Jesus Cristo. Filmes religiosos aparecem na programação da televisão e peças de teatro em escolas e igrejas contam versões populares da história do nascimento de Jesus. Músicas falam sobre José, Maria, Belém e, principalmente, sobre Jesus. Algumas dessas apresentações se baseiam nos fatos relatados nas Escrituras, e muitas distorcem a história e acrescentam informações inventadas ao longo dos séculos. Alguns exemplos simples servem para ilustrar a divergência entre o relato bíblico e os conceitos populares.

Já ouviu falar de Baltasar, Gaspar e Melchior? Aprendeu que eram três magos do Oriente que seguiram uma estrela até um estábulo em Belém onde deram presentes caros para Jesus? E já entendeu que eles encontraram no estábulo humildes pastores de ovelhas que foram, também, adorar Jesus. Se aprendeu essa versão da história, vale a pena ler Mateus 2 e Lucas 2. A Bíblia fala de magos do Oriente que seguiram uma estrela até Jerusalém e, depois, até Belém, onde deram três presentes para Jesus. Porém, a Bíblia não fala quantos magos, não revela os nomes deles e claramente diz que a visita aconteceu quando a família de Jesus já estava em uma casa, talvez dois anos depois do nascimento! Os pastores, sim, visitaram na noite em que Jesus nasceu e encontraram o bebê em uma manjedoura. A versão popular se baseia em tradições extrabíblicas.

Todo mundo sabe que Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, certo? Novamente, deparamos com uma tradição que não tem fundamento bíblico. A escolha dessa data para comemorar o “aniversário” de Jesus aconteceu mais de 300 anos depois da morte dele! O fato é que não sabemos e não temos como saber a data em que ele nasceu.

Fatos são facilmente perdidos no meio de tradições humanas, mas não devemos permitir que tais distorções e acréscimos ocultem o fato principal dessa história. Jesus, o Filho de Deus, assumiu a forma humana quando nasceu em Belém da Judeia, filho de uma virgem chamada Maria. Ele veio ao mundo para revelar a verdade, demonstrar a santidade e se oferecer como sacrifício pelos nossos pecados. Nunca devemos esquecer o fato anunciado pelos pastores que viram Jesus na manjedoura: “nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lucas 2:11).

Não devemos deixar a confusão popular ocultar a importância da chegada do Salvador. “Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores” (1 Timóteo 1:15).

-por Dennis Allan

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA