Estudos Bíblicos

Jesus, Onipotente

Praticamente qualquer abordagem às características de Deus acaba usando uma série de três palavras com o prefixo “oni”, que vem do Latim e significa “todo”. Assim falamos sobre a onipresença, onisciência e onipotência de Deus (termos que indicam, respectivamente, sua capacidade de estar em todos os lugares, saber tudo e demonstrar todo poder).

As profecias sobre Jesus no Antigo Testamento claramente afirmam sua divindade. Por exemplo, Isaías escreveu: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu. O governo está sobre os seus ombros, e o seu nome será: ‘Maravilhoso Conselheiro’, ‘Deus Forte’, ‘Pai da Eternidade’, ‘Príncipe da Paz’” (Isaías 9:6). Entre as descrições de Jesus está a expressão “Deus Forte”. Outra profecia frisa o poder do Messias: “Cinja a espada no seu flanco, herói; cinja a sua glória e a sua majestade! E nessa majestade cavalgue vitoriosamente, pela causa da verdade e da justiça; e a sua mão direita lhe ensinará proezas” (Salmo 45:3-4).

Quando Jesus veio ao mundo em forma humana, “...ele se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se semelhante aos seres humanos” (Filipenses 2:7). Ele veio para revelar Deus (João 1:14,18). Mesmo não manifestando completamente todos os atributos da sua divindade, ele não deixou de ser Deus: “Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade” (Colossenses 2:9). Quando Jesus andou aqui na terra, ele deixou transparecer vislumbres da sua divindade que reforçam as declarações bíblicas sobre seus atributos.

As pessoas ficavam maravilhadas quando Jesus demonstrava seu domínio sobre enfermidades (Lucas 5:26) e demônios (Lucas 9:43). Até os apóstolos que acompanhavam Jesus por perto ficaram admirados quando ele acalmou a tempestade no mar da Galileia: “E eles, possuídos de grande temor, diziam uns aos outros: — Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?” (Marcos 4:41). Como Criador e Sustentador do Universo, Jesus mostrou a capacidade de controlar as forças da Natureza.

Jesus, o Fiel e Verdadeiro Verbo de Deus, traz sobre os malfeitores a ira do Deus Todo-Poderoso porque seu nome é “Rei dos Reis e Senhor dos Senhores” (Apocalipse 19:11-16).

Temos o grande privilégio de conhecer as profecias sobre a vinda de Jesus, de ler os relatos da sua vida em forma humana e de estudar as afirmações doutrinárias registradas pelos apóstolos. Quanto mais conhecemos a grandeza de Cristo, mais motivos temos para honrá-lo como Criador, Redentor e Senhor.

-por Dennis Allan

A Divindade de Jesus: Outros Artigos

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA