Estudos Bíblicos

Jesus, Onipresente

Quando pensamos em Jesus como um homem que andou por 33 anos na região da Palestina, é fácil focar as limitações e fraquezas humanas. Podemos ver Jesus como bebê indefeso, como homem cansado e faminto, e até como um corpo sangrento estendido em uma cruz, vítima da crueldade humana. A encarnação de Jesus foi uma parte importante da revelação divina aos seres humanos. O procedimento de Jesus em carne oferece vislumbres das suas características divinas, mas precisa ser considerado junto com as outras evidências que mostram que Jesus é eterno, que ele é Deus.

Muitas discussões da onipresença de Jesus se dedicam à definição de termos teológicos técnicos. Lutam com o risco de tentar definir logicamente conceitos que excedem a compreensão humana ou de rejeitar conceitos que não se submetem à mesma lógica. Diferente das divindades pagãs, o verdadeiro Deus não foi feito por mãos humanas e não pode ser definido pela inteligência humana (Salmo 115:1-8; Isaías 55:8-9). Nas palavras do rei Davi, “a sua grandeza é insondável” (Salmo 145:3).

A Bíblia apresenta Jesus como Deus, e afirma que ele possui todas as características que definem a divindade: “Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade” (Colossenses 2:9). Entre esses atributos está a onipresença. Jesus, como Deus, não se limita ao espaço geográfico que nos confina. Ele está presente em todos os lugares.

Obviamente a forma corporal de Jesus assumiu características humanas e andava de um local para outro como outros seres humanos. Mesmo em forma humana, ele deixou transparecer indícios da sua onipresença. Natanael viu a afirmação da divindade de Jesus quando este disse: “Antes de Filipe chamá-lo, eu já tinha visto você debaixo da figueira” (João 1:48). Em outras ocasiões, Jesus efetuou curas à distância. Ele curou o servo de um centurião sem ir até o local (Lucas 7:1-10). Curou a filha de uma mulher cananeia da mesma maneira (Mateus 15:21-28). Quando Jesus estava em Caná da Galileia, ele curou o filho de um oficial do rei que estava em Cafarnaum, mais de 25 quilômetros distante (João 4:46-54). Quando pessoas viram essas demonstrações da sua divindade, creram em Jesus (João 4:53).

É ainda mais fácil ver a onipresença de Jesus quando pensamos na sua posição atual no céu. Ele está presente com discípulos em todos os lugares (Mateus 28:20; João 14:17; Gálatas 2:20), pois não se limita a um lugar geográfico. Jesus, sendo Deus, é onipresente.

-por Dennis Allan

A Divindade de Jesus: Outros Artigos

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA