Estudos Bíblicos

As Vitórias de Acabe

Acabe foi um dos piores reis de Israel. Ele negou o verdadeiro Deus e adorou os mesmos falsos deuses que Jezabel, sua mulher, serviu. Junto com Jezabel, tentou exterminar os profetas fiéis ao Senhor. Durante seu reinado de 22 anos, demonstrou crueldade, ganância e egoísmo.

Quando a Síria entrou em guerra contra Israel, Deus abençoou Acabe com duas vitórias esmagadoras (1 Reis 20). O homem fez tudo errado e ainda Deus o protegeu e lhe deu a honra de dominar sobre seus inimigos. Como pode ser?

Podemos aproveitar algumas lições importantes desse caso. Três merecem destaque.

(1) A justiça pode demorar. Deus é justo e promete abençoar os fiéis e castigar os rebeldes. Ele não promete, porém, a aplicação imediata da sua justiça. A retribuição divina pode demorar dias, meses, anos, décadas ou até séculos! Deus não se esqueceu da maldade de Acabe e realmente traria o prometido castigo sobre ele (1 Reis 22:29-38), mas ainda não havia chegado a hora para isso.

(2) Deus pode usar pessoas más para castigar outras pessoas más. Habacuque lutou para compreender esse fato, mas deu glória para o Senhor soberano. Na história bíblica, Deus usou a Assíria para castigar Israel, a Babilônia para castigar Judá e Roma para destruir Jerusalém. Seria difícil defender esses impérios ou sugerir que fossem melhores do que os povos castigados, mas foram os instrumentos que Deus usou para aplicar sua justiça.

(3) A questão importante foi a reputação de Deus, não a de Acabe. Quando Deus adiou a morte de Acabe por alguns anos, ele não estava abandonando a justiça nem se esquecendo do castigo merecido por esse rei mau. A questão claramente frisada em 1 Reis 20 não foi a imagem do rei, e sim a imagem de Deus. Deus aproveitou a guerra entre Israel e Síria para ensinar a mesma lição a ambas as nações. Na primeira batalha, ele disse que Acabe aprenderia: “Eis que hoje a entregarei nas suas mãos, e você saberá que eu sou o SENHOR” (1 Reis 20:13). Na segunda batalha, o povo aprenderia a lição, pois os sírios tratavam Deus como uma divindade tribal ou local, o deus dos montes: “Assim diz o Senhor: ‘Porque os sírios disseram que o Senhor é deus dos montes e não dos vales, entregarei toda esta grande multidão nas suas mãos, e assim vocês saberão que eu sou o SENHOR’” (1 Reis 20:28).

A justiça de Deus pode vir de formas inesperadas e em momentos surpreendentes, mas ele não será humilhado por ninguém, pois ele é o Senhor!

-por Dennis Allan

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 500 -- Jarinu – SP -- CEP: 13240-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2020 Karl Hennecke, USA